Pesquisar no Blog

16 de mai de 2012

22 DE MAIO DIA DE SANTA RITA DE CASCIA - NOS PREPAREMOS MEDITANDO A SUA LINDA MENSAGEM COMUNICADA EM JACAREÍ AO VIDENTE MARCOS TADEU TEIXEIRA E ASSISTAMOS O BELÍSSIMO FILME SEDE SANTOS 1 SOBRE A SUA VIDA.


http://pt.gloria.tv/?media=287922

*********************************************


Jacareí, 22 de dezembro de 1993. 
O VIDENTE MARCOS TADEU VÊ SANTA RITA DE CÁSSIA PELA PRIMEIRA VEZ

No dia 22 de dezembro de 1993, Marcos viu Santa Rita de Cássia na Matriz da Imaculada Conceição, no mesmo Altar a Ela dedicado, que se encontra à direita de quem entra. Nossa Senhora o havia avisado desta Aparição dias antes. Depois da Missa da manhã, dirigiu-se ao altar de Santa Rita e começou a rezar o Santo Rosário. Na Igreja não havia mais ninguém naquela hora.

Eis que Santa Rita chegou, no meio de uma forte Luz, toda de branco com uma Coroa de Flores na Cabeça. Parecia uma esposa muito bela. Sorriu para ele, cumprimentou-o. Estava com as Mãos postas e um Terço de contas brancas que Lhe pendia do Braço direito.

Depois de saudar com:

"- Louvados sejam Nosso Senhor Jesus Cristo e Maria Santíssima!"

Começou a dialogar com o jovem Marcos Tadeu. Confiou-lhe uma Grande Mensagem e depois pediu-lhe que não A divulgasse a ninguém antes que Nosso Senhor e Nossa Senhora dessem permissão para isto. Até o momento, esta Mensagem continua em sigilo, entre Marcos e o Céu.

Do que se trata? O que esta Mensagem tem de tão importante? Em breve saberemos, pois Nossa Senhora em 1999 disse a Marcos que a hora de revelar esta Mensagem Secreta está chegando. Ela foi escrita por Marcos em dezembro de 1993 mesmo, para que ele não corresse o risco de esquecê-La. Esta Mensagem não faz parte dos TREZE SEGREDOS que Nossa Senhora lhe confiou, mas é como uma introdução aos mesmos.

No final da Aparição, Santa Rita de Cássia sorriu para o escolhido dos Dois Sagrados Corações de Jesus e Maria, e lhe pôs na testa uma pequena Cruz marrom, que apareceu em uma de Suas Mãos, avisando-o de que haveria de sofrer muito, mas que conseguiria superar todas as dificuldades com a Graça de DEUS e de Nossa Senhora.

Ninguém presenciou a Aparição, porém, no mesmo dia Marcos contou que Santa Rita lhe aparecera e que lhe havia dado uma Mensagem Sigilosa, garantindo assim a autenticidade de seu testemunho futuro.



*********************************************
Jacareí, 8 de abril de 2007

1ª MENSAGEM DE SANTA RITA DE CASCIA ou CÁSSIA


"-Marcos... Marcos bem aventurado Eu RITA DE CÁSSIA, serva do SENHOR e de MARIA SANTÍSSIMA, RITA das DORES e das ANGÚSTIAS do SENHOR e da SENHORA, dou-te hoje a Minha benção e à todos que aqui estão também a Minha benção... Amai a Paixão de JESUS, venerai-a mais, contemplai-a mais. Fazei especialmente nas sextas-feiras especial reverência à Paixão de JESUS e adoração da SANTA CRUZ. Procurai meditar a cada sexta-feira as CHAGAS de NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, procurai todas as sextas-feiras também meditar os tormentos da SENHORA DAS DORES. A Paixão de CRISTO é o maior livro de santidade que existe, nela há lições para todos os homens e para todas as situações da vida.

Na Paixão de JESUS Eu achei toda a Minha alegria e toda a Minha Paz... Na Paixão de JESUS Eu achei toda a minha força e todo o Meu Amor... Na Paixão de JESUS e de MARIA eu achei todo o Meu conforto e toda a Minha alegria...

Vós também achareis, se vós vos dedicardes a toda sexta-feira meditar os sofrimentos de NOSSO SENHOR e da MÃE das DORES, nem que seja por pelo menos dez minutinhos.

Procurai... procurai aos sábados consagrar a tarde de sábado à SENHORA das DORES como ELA mesma ontem vos solicitou. Obedecei essas Mensagens da MÃE DE DEUS e tereis a benção de DEUS, nas vossas almas e nas vossas vidas...

Em verdade Eu vos digo, tudo o que pedirdes no sábado à tarde durante a oração e reparação à SENHORA das DORES será concedido, desde que não seja contrário à vontade de DEUS e não leve vossas almas a se afastarem DELE. Tudo que for pedido no sábado à tarde, na oração do sábado à tarde a SENHORA das DORES vos concederá e NOSSO SENHOR JESUS CRISTO vos dará, porque ELE deseja mais do que nunca ver SUA SANTÍSSIMA MÃE consolada-amada por todos os Seus Filhos.

Esse lugar é Santo, o CÉU aqui toca a terra, os Santos e o s Anjos povoam e habitam este lugar noite e dia. Vinde aqui unir-vos a nós na orações para que num só coro adoremos a DEUS, bendigamos o Seu Nome e o nome de Sua MÃE SANTÍSSIMA e os amemos e veneremos com especial afeto, amor e devoção.

Em verdade vos digo, quem defender este lugar ao salvar as almas dos outros, predestinará a sua própria alma à salvação. Eu RITA, Vos defenderei, vos ajudarei sempre, rezai-me mais, lembrai-vos especialmente de MIM, nos dias 22 de cada mês e lembrai-vos especialmente de BENEDITO nos dias 4 de cada, mês com orações especiais. Nestes dias falai mais conosco, rezai-nos, ocorrei aos pés de Nossas Imagens para que ali possamos encher-vos de Graças... Nenhuma Graça será ali negada, tereis acesso livre e pleno a todas elas, colhereis tantas Graças quanto conseguir carregar, quantas Graças conseguirdes colher...

Em verdade Eu digo-vos, imitai-me na aceitação dos sofrimentos e na conformidade com os sofrimentos, com as aflições e angústias desta vida. Esta vida passa rápido e a dor e o sofrimento não durará para sempre se vós souberdes usá-los à vosso próprio proveito e favor aceitando-os como verdadeiros degraus da escada santa, que vos conduzem ao CÉU.

A todos agora abençoamos e desejamos a Paz..."

*********************************************************

JACAREÍ, 22 DE MAIO DE 2011 - FESTA DE SANTA RITA DE CÁSCIA



2ª MENSAGEM DE SANTA RITA DE CASCIA ou CÁSSIA

MENSAGENS DE NOSSA SENHORA E SANTA RITA DE CÁSCIA 
COMUNICADAS AO VIDENTE MARCOS TADEU TEIXEIRA
SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ-SP-BRASIL


MENSAGEM DE NOSSA SENHORA

"-Meus filhos amadíssimos! O Meu IMACULADO CORAÇÃO chama-vos hoje novamente a cultivardes em vós o verdadeiro amor, para que assim a graça divina sempre mais vá crescendo dentro vós até atingir a plenitude.

Cultivai dentro de vós o verdadeiro amor, buscando sempre mais a oração, o recolhimento, o silêncio, a meditação das Nossas Mensagens, a leitura da vida dos Santos. Para que assim, verdadeiramente, a semente do amor divino sempre mais cresça em vós e possa crescer tanto até tornar-se uma frondosa árvore que dá muitos e grandes frutos de santidade.

Cultivai esta semente todos os dias, cuidando dela com amor, regando-a sempre mais com a água vivificante e salutar da oração feita por longo tempo, com muito amor e com profunda... profunda compenetração e sede das vossas almas. Aumentando sempre mais a vida desta semente do verdadeiro amor com boas e santas leituras espirituais, e sobretudo, fazendo as Santas Horas de Oração que Eu vos dei aqui, que fazem com que a semente do verdadeiro amor cresça sempre forte, sempre vigorosa dentro de vós, e nada, nada possa deter o crescimento dela.

Cultivai dentro de vós o verdadeiro amor, procurando sempre tornar a semente do verdadeiro amor em vós grande e sempre crescendo, protegendo-a de tudo aquilo que quer soterrá-la, sufocá-la, eliminando da vossa vida todos os cuidados excessivos do mundo e também o apego às criaturas e coisas da Terra. Para que assim, a semente do verdadeiro amor não seja sufocada nunca dentro dos vossos corações e possa crescer sempre mais livre, sempre mais forte para que produza muito fruto, para que produza frutos de santidade e vida eterna.

Cultivai dentro de vós o verdadeiro amor, procurando sempre mais renunciar a vós mesmos, à vossa vontade, aceitar a santa vontade de Deus para que então, crescendo cada dia no verdadeiro amor, a vossa alma se torne: grande, forte e sempre mais conforme àquilo que o Senhor deseja de vós e assim os vossos frutos de santidade permaneçam para sempre.

Eu estou convosco Meus filhos e ajudo-vos com as Minhas orações, mas vós também tendes de dar o vosso ‘sim’ e colaborar comigo, em parte depende de vós, da vossa resposta muito daquilo que Eu posso fazer por vós. Por isso Meus filhos, dai o vosso ‘sim’ sem reservas ao Meu Coração, para que Eu possa levar-vos seguramente e velozmente avante no caminho da santificação.

A todos neste momento, abençoo generosamente de CASCIA, de POMPÉIA e de JACAREÍ.

A Paz Marcos, Meu filho mais esforçado, permanece em paz mais querido de Meus filhos!”

MENSAGEM DE SANTA RITA

"-Amados irmãos, Eu, RITA DE CÁSCIA, estou muito feliz por poder vir dar-vos mais uma Mensagem, a fim de ajudar-vos a chegar àquela santidade perfeita e aquele amor mais abrasado por Deus, que Deus deseja de vós, que Maria Santíssima espera de vós e que Eu também quero para vós e à qual quero fazer-vos chegar sem demora para maior alegria do Altíssimo e da Mãe do Senhor!

Eu quero ajudar-vos a chegar a uma grande santidade, por isso desejo verdadeiramente que vós vos deixeis cultivar por Mim como uma flor, como a flor se deixa cultivar pelo jardineiro, jardineira que a cultiva e que não ofereçais resistência nem às Minhas podas, nem também à Minha cultivação.

Deixai-vos cultivar por Mim, permitindo cada dia que Eu vos tome em Minhas Mãos, que Eu vos regue sempre mais com o Meu Amor, com a água das Minhas graças e também ensinando-vos sempre mais a através da oração regardes as vossas almas ressequidas como um deserto, para que elas possam transformar-se em jardins verdes e floridos para a maior glória do Senhor e exaltação do Seu Santo Nome.

Deixai-vos cultivar por Mim, permitindo a Mim que vos conduza sempre mais na oração do coração que é tão agradável ao Senhor e que consiste em renunciar a si mesmo, abrir o coração para Deus e Sua vontade e aceitá-la sempre mais em vossas vidas. Desta forma, rezando com o coração as vossas almas crescerão sempre mais no amor, na alegria, na graça e elas se tornarão viçosas e vigorosas flores que resistirão tanto aos ventos das tentações, quanto aos das tribulações e dos sofrimentos dessa vida. E assim, as vossas almas sempre mais fortes se tornarão firmes no jardim do perfeito amor ao Senhor.

Deixai-vos cultivar por Mim, permitindo a Mim podar-vos todos os dias, cortando fora de vós tudo aquilo que é contrário à vontade do Senhor, todo o amor desordenado de vós mesmos e das criaturas. Para que assim, como se faz com as flores, podando e arrancando delas todos os galhos secos para que ela possa crescer melhor e se desenvolver mais, assim também Eu possa podar-vos sempre, para que as vossas almas cresçam mais e melhor e se desenvolvam mais rapidamente no caminho do perfeito amor ao Senhor e da santidade.

Se vós Me permitirdes podar-vos todos os dias, Eu em pouco tempo arrancarei fora de vós todo o amor desordenado de vós mesmos, do mundo e das criaturas e vos farei crescer sempre mais na santidade, tornarei vossas almas belas, perfumarei as vossas almas com as virtudes mais caras a Deus e à Virgem Santíssima e às mais elevadas e sublimadas virtudes, vos conduzirei a uma grande perfeição espiritual e vos tornarei verdadeiramente irrepreensíveis aos olhos do Altíssimo.

Podando-vos todos os dias, arrancarei fora de vós todo galho seco de apego a vós mesmos, ao mundo e às criaturas, que vos impedem de crescerdes com mais vigor, também arrancarei de vós todas as ervas daninhas que sugam de vós a seiva da força espiritual. Para que então, vós possais dedicar todas as vossas forças somente no serviço do Senhor e no santo ofício, na santa tarefa da salvação das vossas almas e das almas dos vossos irmãos, sem perda de tempo com as coisas vãs deste mundo.

Eu desejo sempre mais conduzir-vos, guiar-vos pelo caminho do perfeito amor, mas muito do que Eu posso fazer por vós também depende de vós, da vossa resposta, do vosso ‘sim’, do quanto vós permitis que Eu aja em vós e em vosso favor. Por isso, permiti-Me queridos irmãos e filhinhos Meus, que Eu possa trabalhar nas vossas almas, que Eu possa podar-vos, que Eu possa conduzir-vos todos os dias.

Por isso peço-vos sempre mais: uma maior docilidade à Minha voz, aos Meus conselhos e que vos deixeis carregar nos Meus braços para que Eu possa entregar-vos santos e purificados nos braços de Jesus e de Maria.

A todos neste momento abençoo, abençoo as vossas rosas, abençoo os vossos terços, abençoo todos os objetos sagrados que vós agora tendes convosco. E peço-vos sempre mais: dizei ‘sim’ ao chamado do amor divino, escolhei o Céu que já vos escolheu. Amai o Céu que vos amou primeiro e vos chamou a estardes aqui para aqui aprenderdes o verdadeiro amor, a santidade que agrada ao Senhor, a caminhardes pela verdadeira estrada que conduz até Deus!

Eu, RITA DE CÁSCIA, Sou vossa defensora, já vo-lo disse tantas vezes! Sou vossa intercessora, protetora, advogada e vossa mestra no caminho do perfeito amor a Jesus e a Maria. Venho do céu para tomar a vossa mão e levar-vos pelo verdadeiro caminho que conduz à vida. Feliz aquele que ouve os Meus conselhos. Feliz aquele que atende a voz da sabedoria, que vos chama desde o mais alto do céu, porque este não morrerá, mas viverá eternamente e alcançará a coroa da vida eterna.

A todos neste momento abençoo generosamente, de CÁSCIA, de ROCCA PORENA e de JACAREÍ...

A Paz Marcos! A Paz Meu mais querido e o mais esforçado dos Meus irmãos. Tenha a Minha Paz. Ficai todos na Paz do Senhor. Até breve Marcos.”

CORPO INCORRUPTO DE SANTA RITA
22 de maio Dia de Santa Rita de Cássia

Rita, filha única de Antonio Lotti e Amata Ferri, nasceu em Roccaporena, a 5 km de Cássia, e foi batizada com o nome de Margarida (MargaRITA) em Santa Maria do Povo, também em Cássia. Seus pais eram "pacificadores de Cristo" nas lutas políticas e familiares entre os Guelfi e os Ghibelini. Deram o melhor de si mesmo na educação de Rita, ensinando-a, inclusive a ler e escrever.
Rita nasceu no ano de 1381 e morreu aos 22 de maio de 1457. Estas duas datas tradicionais foram consideradas corretas pelo Papa Leão XIII quando a proclamou Santa no dia 24 de maio de 1900.
Rita, filha única de Antonio Lotti e Amata Ferri, nasceu em Roccaporena, a 5 km de Cássia na província de Umbria, Itália , e foi batizada com o nome de Margarida (MargaRITA) em Santa Maria do Povo, também em Cássia. Seus pais eram "pacificadores de Cristo" nas lutas políticas e familiares entre os Guelfi e os Ghibelini. Deram o melhor de si mesmo na educação de Rita, ensinando-a, inclusive a ler e escrever. 
Rita, ainda na infância, manifestou sua vocação religiosa. Diferenciando-se das outras crianças, ao invés de brincar e aprontar as peraltices da idade, preferia ficar isolada em seu quarto, rezando.

Para atender aos desejos de seus pais já idosos, Rita casou-se com um homem de nome Paulo Ferdinando, que, a princípio, parecia ser bom e responsável. Mas, com o passar do tempo, mostrou um caráter rude, tornando-se violento e agressivo. A tudo ela suportava com paciência e oração. Tinha certeza de que a penitência e a abnegação conseguiriam convertê-lo aos preceitos de amor a Cristo. Um dia, Paulo, finalmente, se converteu sinceramente, tornando-se bom marido e pai. Entretanto suas atitudes passadas deixaram um rastro de inimizades, que culminaram com seu assassinato, trazendo grande dor e sofrimento ao coração de Rita. 

Dedicou-se, então, aos dois filhos ainda pequenos, que na adolescência descobriram a verdadeira causa da morte do pai e resolveram vingá-lo, quando adultos. Rita tentou, em vão, impedir essa vingança. Desse modo, pediu a interferência de Deus para tirar tal idéia da cabeça dos filhos e que, se isso não fosse possível, os levasse para junto dele. Assim foi. Em menos de um ano, os dois filhos de Rita morreram, sem concretizar a vingança. 

Rita ficou sozinha no mundo e decidiu dar um novo rumo à sua vida. Determinada, resolveu seguir a vocação revelada ainda na infância: tornar-se monja agostiniana. As duas primeiras investidas para ingressar na Ordem foram mal-sucedidas. Segundo a tradição, ela pediu de forma tão fervorosa a intervenção da graça divina que os seus santos de devoção, Agostinho, João Batista e Nicolau, apareceram e a conduziram para dentro dos portões do convento das monjas agostinianas. A partir desse milagre ela foi aceita. 

Ela se entregou, completamente, a uma vida de orações e penitências, com humildade e obediência total às regras agostinianas. Sua fé era tão intensa que na sua testa apareceu um espinho da coroa de Cristo, estigma que a acompanhou durante quatorze anos, mantido até o fim da vida em silencioso sofrimento dedicado à salvação da humanidade. 

Rita morreu em 1457, aos setenta e seis anos, em Cássia. Sua fama de santidade atravessou os muros do convento e muitos milagres foram atribuídos à sua intercessão. Sua canonização foi assinada pelo papa Leão XIII em 1900. 

A vida de santa Rita de Cássia foi uma das mais sofridas na história da Igreja católica, por esse motivo os fiéis a consideram a "santa das causas impossíveis". O seu culto é celebrado em todo o mundo cristão, sendo festejada no dia 22 de maio, tanto na Igreja do Ocidente como na do Oriente.