Pesquisar no Blog

AS APARIÇÕES DE JACAREÍ-SP-BRASIL SAIBA MAIS! @Marcostaddeu Informe-se pelo TEL: (0XX12) 9 9701-2427 e-mail: santuariodejacarei@gmail.com BLOG OFICIAL

5 de mai de 2012

As Aparições de Nossa Senhora Rainha das Rosas-HEROLDSBACH, ALEMANHA-1949






Podium mit seitlichen Glasdächern ca. 1970

"Oração, penitência e expiação. Com a oração a guerra pode ser evitada".— Palavras da Santíssima Virgem às sete meninas em Heroldsbach, Alemanha, 1949. 
Após a Segunda Guerra Mundial, o ditador soviético Joseph Stalin estrategicamente construiu um cinturão protetor para a União Soviética. 

Esse cinturão era composto pelas nações controladas pelo partido comunista em sua fronteira ocidental. Era o chamado Bloco Leste, que então incluia Polônia, Hungria e Tchecoslováquia, pelo qual Stalin pretendia subjugar indiretamente a Alemanha, contrapondo-se lentamente contra a ocupação britânica e americana. Nesse período, a propriedade e a indústria foram nacionalizadas na zona de ocupação Soviética. Gradativamente medidas dissimuladas e truculentas do partido comunista resultariam na divisão da Alemanha Oriental e Alemanha Ocidental.

A Alemanha Oriental diferia da Alemanha Ocidental (República Federal da Alemanha), que se desenvolveu com um país Ocidental capitalista com uma economia social de mercado ("Soziale Marktwirtschaft" em alemão) e um governo de democracia parlamentar. O crescimento econômico contínuo a partir de 1950 da Alemanha Ocidental alimentou um "milagre econômico" de 20 anos ("Wirtschaftswunder"). Enquanto a economia da Alemanha Ocidental cresceu e seu padrão de vida melhorou continuamente, muitos alemães orientais tentavam ir para a Alemanha Ocidental.

Alemanha em 1950: Um país dividido pela Cortina de Ferro

Em 13 de agosto de 1961, depois da meia-noite, soldados da Alemanha Oriental começam a erguer o que Ulbricht chama de "barreira de proteção antifascista"

Em 1950, a maioria das pessoas que viviam nas áreas recém-adquiridas do Bloco Oriental queria reagir e se livrar do jugo imposto pelos soviéticos. Aproveitando-se da zonal fronteira entre as zonas ocupadas na Alemanha, o número de cidadãos da República Democrática Alemã (socialista) que se deslocou para a Alemanha Ocidental totalizou 197 mil em 1950, 165 mil em 1951, 182 mil em 1952 e 33 mil em 1953. Uma das razões para o aumento acentuado em 1953 foi o medo de Sovietização mais intensa com a ações cada vez mais paranóicas de Joseph Stalin em 1952 e no início de 1953. Nos primeiros seis meses de 1953, 226 mil pessoas fugiram do terror socialista/soviético.

Nos 28 anos da existência do Muro morreram muitas pessoas. Não existem números exatos e há indicações muito contraditórias, porque a RDA sistematicamente impedia todas as informações sobre incidentes fronteiriços. Contudo, entre as muitas vítimas há registro de até mesmo duas crianças, mortas em 1962, por cometerem o "crime" de tentarem transpor a Cortina de Ferro.

Estima-se que na República Democrática Alemã (socialista) 75 mil pessoas foram acusadas de serem desertores da república. Desertar da república era um crime que, segundo o artigo §213 do código penal da RDA, era punido com até 2 anos de prisão. Pessoas armadas, membros das forças armadas ou pessoas que carregavam segredos nacionais eram mais severamente punidas, se considerado culpado de escape da república, por pelo menos 5 anos de prisão.

Como vemos, o sistema de dominação comunista traz em si os mesmos propósitos da elite globalista que pretende implantar a Nova Ordem Mundial. O que em nada absolve o sitema capitalista, que nada mais é do que a parte oposta do mesmo jogo, em cujo tabuleiro se decide, lance a lance, os sinistros destinos das nações até a culminância do derradeiro xeque-mate.

Sete meninas vêem simultaneamente a Santíssima Virgem que Se apresenta tazendo rosas vermelhas sob os pés e um Rosário negro nas mãos
É dentro desse contexto histórico que em 9 de outubro de 1949 um novo ciclo de intervenções marianas passa a ocorrer em Heroldsbach —localizada a 35 km ao norte de Nuremberg, na parte da Franconia da Baviera, o estado federal alemão do Papa Bento XVI. A partir desse dia sete meninas, contando entre 10 e 11 anos de idade, passam simultaneamente a ver sobre as ramagens de algumas bétulas, um símbolo brilhante com as letras "JSH", simbolizando a Trindade divina. "J" significa "Javé" H "Hyo" (em grego: filho) e S "Spiritus Sanctus". Em seguida, a Santíssima Virgem aparece sobre as folhagens de bétulas com as mãos postas, em Seu tradicional gesto ritualístico de oração.

Ela trajava um vestido branco, trazia rosas vermelhas em Seus pés e um Rosário negro em Suas mãos. A partir do terceiro dia das aparições a Mãe de Deus manifesta-Se trazendo o menino Jesus no braço esquerdo. Até 31 de outubro de 1952, a Virgem Maria é freqüentemente retratada com um vestido azul e uma coroa dourada. Seu apelo é insistente e incisivo: oração, penitência e expiação.


Em 9 de outubro de 1949 um novo ciclo de intervenções marianas passa a ocorrer em Heroldsbach. Sete meninas passa a ver simultaneamente a Santíssima Virgem sobre as ramagens de bétulas

As meninas tocam o Seu corpo para que confirmem Sua presença real

Como em algumas aparições, a Santíssima Virgem permite que as meninas tomem nos braços e carreguem o Menino Jesus

A partir do dia 13 de janeiro de 1950, a Santíssima Virgem repete um raro e belíssimo gesto Seu característico, ocorrido em algumas outras aparições. Amorosamente, a Mãe de Deus permite que as meninas toquem o seu corpo para que confirmem Sua presença real combinada com um fluxo de energia. Além disso, permite que as meninas tomem nos braços e carreguem o Menino Jesus, que mais tarde, manifestou-Se como jovem e adulto Salvador, como Sagrado Coração, Bom Pastor e em redenção, na cruz. 
[Cf. NOSSA SENHORA DA ORAÇÃO - ILE-BOUCHARD, FRANÇA (1947) e também 59.- MENSAGENS DE MARIA SANTÍSSIMA EM LAUS, FRANÇA (1664) , reconhecida pela Igreja Católica ]

Uma outra característica dessa intervenção marial são as manifestações de vários santos que aparecem para as meninas, em especial o esposo de Maria, São José e pai terreno de Jesus.

De especial importância são sete Santos, vistos pelas meninas e que representaram suas próprias missões:

Papa Pio X (Eucaristia), o Irmão Klaus e Teresa de Lisieux (humildade), Maria Goretti e Aloisius (castidade), Antonio e Kreszentia Höß (contra a ameaça demoníaca).

Santos que se manifestaram nas visões de Heroldsbach

As meninas se persignam simultaneamente, atendendo aos sinais da Virgem 
Em Heroldsbach manifestaram-se os seguintes Santos, conhecidos na Península Ibérica e América Latina (de acordo com o protocolo praenomen Prof Walz): 
Antonio (1195 Lisboa - Pádua 1231), Fernando III de Castela e Leão (1199-1252), Inácio de Loyola (1491 Loiola / País Basco - Roma 1556) Teresa de Ávila (1515 Avila - 1582 Alba de Tormes / Salamanca), João da Cruz (1542 Fontiveros / Ávila - Úbeda 1591), Francisco Xavier (1506 Javier Navarra - 1552 Sanchón / China), Rosa de Lima (Isabel Flores, 1586 Lima / Peru - 1617 Lima / Peru), Francisco de Fátima (1908 Aljustrel - Aljustrel 1919) Jacinta de Fátima (1910 Aljustrel - 1920 Lisboa) Franzelus (100 Lisboa - 12.5.175 Irlanda) Fauremus (105 - 155, litoral / montanha mártir), Rassila (200 - 255, mártir), Perante / Perhandes (13.4.200 - 12,5 ,295, costa / Pirineus, mártir), Plerin (209-249, mártir), Randin (260 - 307, perto de Lisboa), Eulalia (292 - 304, Mérida), Sirene (9.4.300 - 12.5.365, Portugal ) Vielevi (315 - 375, eremita nobre) Pariedina (cerca de 350, morreu com 75 anos), Balsas (século desconhecido, penitente 12), Clisita. 
Fatos importantes e que normalmente compõem o vasto e complexo leque de fenômenos que envolvem as aparições marianas
Nas manifestações da Santíssima Virgem em Heroldsbach vários foram os fatos importantes e que normalmente compõem o extenso e complexo leque de fenômenos que envolvem as aparições marianas ao longo desses dois mil anos:

No dia 8 de dezembro de 1949, 1o mil peregrinos testemunharam o milagre do sol. 
A visão do presépio na véspera do Natal de 1949 e 1951. 
A comunhão mística. 
A fonte de misericórdia que foi cavada pelas meninas. 
A procissão da Santíssima Trindade. 
Efeitos de iluminação especial (entre os quais o fenômeno do sol e da luz visto 70.000 peregrinos em 2 de fevereiro de 1950 e o milagre do nascimento em 1 de novembro de 1950, quando a Virgem Maria apareceu para os peregrinos). 
No dia 9 do mês nono das aparições, a Mãe de Deus apresenta-se em Heroldsbach sob o título de "Rainha das Rosas", que significa rainha da graça. 
Durante as aparições e, desde esta época foram muitas curas e muitas conversões. 
A mãe de Deus veio a Heroldsbach também para avisar que a guerra pode ser evitada através da oração.


Em Heroldsbach a Santíssima Virgem disse que a guerra pode ser evitada com a oração

A aparição da Santíssima Virgem em Heroldsbach também se caracteriza pelo grande impasse que sucitou entre o clero


Assim como em outras aparições, a aparição da Santíssima Virgem em Heroldsbach também se caracteriza pelo grande impasse que sucitou entre o clero. Esse impasse lança uma reflexão sobre algumas medidas arbitrárias de autoridades religiosas mediante várias outras intervenções da Santíssima Virgem pelo mundo que, embora fartas em sinais sobrenaturais, confiabilidade por parte dos videntes, além de mensagens condizentes com a doutrina da Igreja, são desacreditadas com uma certa intransigente desaprovação clerical.

Agindo com grande rigidez, Dom Landgraf, bispo local, elaborou um resumo das conclusões de uma comissão sem competência em teologia, que apresentou a colegas Prelados na Alemanha, para pedir-lhes adesão. Num clima de oposições, encaminhou ao Santo Padre Pio XII solicitações para interditar o sítio das Aparições em Heroldsbach, e excomungar leigos ou sacerdotes que porventura se atrevessem a rezar no local das aparições. Sua Santidade PIO XII, confiado na autoridade dos Bispos, ratifica e assina o interdito e a excomunhão... Obviamente, isso causou um grande transtorno entre os fiéis.

No caso da manifestação da Virgem em Heroldsbach, a desaprovação oficial da Igreja faria com que a mensagem da Santíssima Virgem caísse no esquecimento, não fosse as imprevistas revelações feitas por uma alma-vítima chamada Tereza Obermayer, irmã terciária Franciscana, cuja missão recebida de Deus é interceder e se imolar pelos sacerdotes.

Para ilustrar essa questão, disponibilizamos, a seguir, o texto extraído do livro Jesus Responde a um Padre, traduzido do francês pelo Pe. Aldemar Ferrari e com prefácio de Dom Antônio de Almeida Moraes Júnior, Arcebispo de Niterói – RJ.

No caso da manifestação da Virgem em Heroldsbach, a desaprovação oficial da Igreja faria com que a mensagem da Santíssima Virgem caísse no esquecimento, não fosse as imprevistas revelações feitas por uma alma-vítima chamada Tereza Obermayer, irmã terciária Franciscana, cuja missão recebida de Deus é interceder e se imolar pelos sacerdotes

Revelações da Irmã Tereza Obermayer sobre o grande erro de julgamento das autoridades religiosas com relação às aparições de Heroldsbach
De 9 de Outubro de 1949 a 25 de Julho de 1951, aconteceram aparições de Nossa Senhora – Mãe de Deus – a 8 meninas de uma aldeia de Baviera, vizinhança de Nuremberg, Alemanha.
Quando eram justificadas as esperanças de que todos recebessem com gratidão os importantes Avisos da Mãe de Nosso Senhor, dados a conhecer durante aquelas Aparições, avisos comprovados por conversões, e milagres ante milhares de pessoas, como foi o caso do Sol repetindo o prodígio de Fátima, eis que uma COMISSÃO veio estudar os fenômenos, nomeada pela Cúria de Bamberg, sob a gerência do Bispo Dom Landgraf.

A COMISSÃO era composta de pessoas incompetentes em Teologia. Montou-se logo um mecanismo de inquéritos, presidia de quando em vez, até pelo Juiz da cidade.
Finalmente, Dom Landgraf elaborou um resumo das conclusões, que apresentou a colegas Prelados na Alemanha, para pedir-lhes adesão, e assim, num clima de oposições, encaminhou ao Santo Padre Pio XII solicitações para INTERDITAR o sítio das Aparições em Heroldsbach, e EXCOMUNGAR leigos ou sacerdotes que porventura se atrevessem a rezar naquele local!
Sua Santidade PIO XII, confiado na autoridade dos Bispos, ratifica e assina o INTERDITO e a EXCOMUNHÃO ...! E o resto é fácil imaginar.

QUE ACONTECEU?
Com exceção do Cardeal Faulhaber que chamou a atenção de PIO XII sobre o erro consumado, os demais Prelados direta ou indiretamente comprometidos no caso, e chamados em pouco tempo ao Tribunal de Deus, se acusam, depois da morte, de terem cometido ofensa grave contra a Santíssima Mãe de Jesus, no caso de Heroldsbach. Declaram – é terrível ouvir isso! – que não veriam a glória de Deus até que o Decreto contra as Aparições em Heroldsbach fosse anulado, reparando-se a injustiça cometida!

CAMINHOS DA MISERICÓRDIA
Deus escolheu a pessoa de uma alma-vítima para oferecer desagravo pelos culpados. Chama-se TEREZA OBERMAYER, irmã terciária Franciscana. Esta como tantas outras almas reparadoras, quando convidadas a perceberem o amor, e instâncias da bondade divina, dificilmente se recusam a aceitar o sofrimento reparador exigido por Deus.

Disse Nosso Senhor a Tereza:

"Doravante está cravada em minha cruz com pregos... Fica atenta às Nossas Vozes que falam no mais íntimo da alma! Anota o que ouves! A Divina Providência te chama para pores à prova Bispos e Sacerdotes!"

Palavras de Nossa Senhora a Tereza Obermayer:

"Em Fátima não foi proibida a oração como foi em Heroldsbach, para grande mal das almas.
Em Fátima, a Minha Mensagem só se tornou evidente quando eclodiu a Segunda Guerra!
Pois vem a Terceira Guerra pior que a anterior...
Em meu cuidado maternal vim (à Alemanha) , implorar, alertar. Mas, em vez de se emendarem, me perseguem!
Até a alta Hierarquia Eclesiástica assim procede. Sacerdotes e leigos, por causa de Heroldsbach, foram punidos com penas canônicas, contra todas as leis da justiça!
Tais medidas arbitrárias são rigorosamente submetidas ante o Tribunal de Deus. Disso dão claro testemunho os SACERDOTES QUE JÁ COMPARECERAM DIANTE DO ETERNO JUIZ, pois eles também descreram de MIM!"

QUEM SERIAM ESSES SACERDOTES que já compareceram diante do Eterno Juiz?

São:

BISPO AUXILIAR DE BAMBERG, Dom Landgraf falecido inesperadamente a 8 de setembro de 1958 e sepultado a 11 de setembro de 1958.

Em 11/09/58, diz o Sr. Bispo falecido a Tereza Obermayer:

"Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Pede uma audiência particular ao Arcebispo Schneider, de Bamberg. Eu, e não vocês, merecia as penas eclesiásticas, pois a minha ambição incontida abusei de função episcopal. A culpa principal cai sobre mim. Informei e influenciei, enganando o próprio Santo Padre em Roma. Todos ficarão sabendo que o demônio agiu por meu intermédio.
Teus sofrimentos e orações livraram-me das penas do inferno.
Reza por mim! Dá-me muita água benta com as orações da noite.
Escreve, por favor, ao Santo Padre João XXIII, através do Santo Ofício! Pede ao Sr. Arcebispo Schneider retire logo as penas canônicas injustas e inválidas, antes que seja tarde também para ele...
De Deus e de sua Mãe Santíssima não se zomba!...

Em 16/09/58 – às 15 horas. 
O Bispo Dom Landgraf vem pedir outra vez que Tereza Obermayer escreva o seguinte:

"Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Faço um pedido a todos os Bispos que suspendam as EXCOMUNHÕES inválidas, injustamente lançadas sobre os peregrinos que acreditam nas Aparições da Mãe de Deus, em Heroldsbach.
Que eles reparem o prejuízo causado à Igreja. Que organizem Novenas de reparação. Eu pratiquei culpa mortal tencionando arrasar Heroldsbach... Mas destruir a obra de Deus é grave pecado contra o Espírito Santo. Se os peregrinos não houvessem rezado por mim, eu teria caído no abismo eterno, e da mesma forma o Arcebispo Kolb.
Através de relatórios inverídicos, até Roma eu enganei, pois me deram crédito, devido à minha autoridade episcopal.
Tomara eu pudesse voltar à terra! Iria de joelhos pedir perdão a todos!..."

Em 06/01/1961
O Cardeal Wendel, de Munique, faleceu repentinamente, após a sua alocução de fim de ano. Seis dias depois ele comunica:

"Tenho que expiar no Purgatório porque combati a honra de Maria Santíssima – Mãe de Deus – não acreditando e dissuadindo outros a não acreditar em Heroldsbach. Lancei castigos injustos contra quem acreditava nas Aparições de Nossa Senhora em Heroldsbach. Enganado pelas medidas erradas da Diocese de Bamberg, nada fiz para saber a verdade. Também PIO XII sofre conosco, porque, além de não acreditar, aprovou um infeliz Decreto sem conhecer exatamente as coisas... Prestou mais crédito ao Santo Ofício que aos apelos que lhe foram feitos.
Eu fui severamente julgado. Meu purgatório será duro e longo. Agora você diga a verdade. Escreva e fale. Defenda com decisão a honra de Maria Santíssima, Mãe de Deus! Tuas mensagens a Bispos e Padres trarão bons resultados para a eternidade.

Em 08/10/1961, entre 14 – 15 hs, o Papa PIO XII, no 3º aniversário de seu falecimento, veio dizer:

" O que tu, querida irmã Terciária Franciscana, sofres e expias por mim, te será abundantemente creditado no céu. Oferece a Santa Missa, sem esmorecer. Oferece o Sangue de Jesus em favor de nossos indizíveis sofrimentos!
Muitas pobres almas se dirigem a mim pedindo que também te lembres delas... Como não as conheces pelo nome, oferecerás cumulativamente por todas o Precioso Sangue hoje na Missa Vespertina, São numerosas!! Lembra-te das almas sacerdotais, pois sou o responsável pelo sofrimento delas, por causa do infeliz Decreto que eu aprovei sem o devido exame...
O Bispo auxiliar de Bamberg, Dom Landgraf, nos informou erradamente sobre este assunto. Ele terá que expiar duramente pela gravíssima culpa dentro da Santa Igreja, pois ainda os fiéis continuam sendo perseguidos com penas canônicas injustas.
Minha purificação prolongar-se-á!

Em 09/10/1961, às 23 hs, o Papa PIO XII:

"Caríssima Irmã, nunca esquecerei o teu ato de caridade por teres oferecido em minha intenção, durante três dias a Santa Comunhão e o Precioso Sangue!
Julgam-me, como Papa, não precisar de orações... Por isso não as recebo. Entretanto, eu preciso de orações e sempre renovarei as súplicas, para que te não esqueças de mim.
Tua responsabilidade diante do Senhor é imolar-te por nós Sacerdotes. Vamos ajudar-nos mutuamente!
..........Chamei os Peregrinos de Nossa Senhora de "Gente fanática" (schwarmgeister), secundando a turma "do contra"...
Não fiz reparação em vida e por isso devo reparar no Purgatório!
Aquela minha afirmação rebaixou os peregrinos!
Cada coisa, por insignificante que seja será examinada por Deus!
..........Porém estas faltas nunca poderão ser comparadas com as faltas de pouco caso que se tem para com as Aparições de Nossa Senhora no mundo! Reza pelos Bispos e Padres errantes e descrentes, tanto no Vaticano, como no mundo inteiro!
Arrependo-me para sempre!
A batalha de Lepanto foi brinquedo de crianças em comparação à batalha atual. Virá um derramamento de Sangue e Mártires no próximo combate da Fé! Quem passará pelo teste final? Somente um punhadinho na tormenta que varrerá a terra!
..........Não atendi ao Cardeal Faulhaber, nem pensei no pecado de omissão! Ó se eu pudesse voltar à terra para reparar este prejuízo que dei a Igreja! Vem em meu auxílio, com orações, sacrifícios, reparações, bons conselhos, atuação corajosa!
..........A convocação de um Concílio Ecumênico dará pouco resultado, se não forem revogadas as injustiças e as penas canônicas de pura crueldade lançadas contra os leigos e sacerdotes em Heroldsbach. Mas já passam anos e ainda são mantidas. Estes excomungados, entretanto, são os que defendem a honra da Mãe Celeste pela palavra falada e escrita.
..........Ai de mim, que fui omisso! Não posso jamais compreender! Eu estava na cegueira de espírito! Agora Deus me mostra tudo o que eu deixei de cumprir. Só na eternidade é que se vê tudo tão claramente! Mas é tarde! Eu devia ter restabelecido a glória da Mãe de Deus na Alemanha, que desde a Reforma protestante está caída, desmantelada!
Não hei de chegar à visão de Deus, enquanto a honra de Maria Santíssima em Heroldsbach não for restituída!

Em 09/06/1961, entre 8 – 9 hs.
O Bispo Buchberger, no Hospital, antes de morrer, diz à Vidente Tereza Obermayer:

"Porque não acreditei no que me dizias? É que fui impedido por meus subordinados. Eles tinham a você na conta de anormal! O Cônego Kracker tinha a mesma opinião e não prestava atenção no que vinhas a dizer.
Agora nada mais posso fazer do que entregar-me nas mãos de Deus. Reza por minha pobre alma quando eu for chamado ao Tribunal. Além de não acreditar, ainda te combati, atendendo a meus colegas. Fiz cumprir a recomendação do Cardeal Wendel – de Munique – Proibindo as romarias para Heroldsbach, pensando que à autoridade eclesiástica de cima se deve obediência incondicional. Seria como um golpe de força. Onde a liberdade da fé e da consciência?
Incrível! Só agora, à beira da sepultura, estou compreendendo. Reza imola-te por mim. Que Deus se compadeça de mim. Dói-me profundamente ter assim tratado a Santa Mãe de Jesus, combatendo-A. O pior não foi ter sido descrente, mas ter impedido os fiéis de orar!

Oração da Vidente Obermayer:

"Ó Jesus, o vosso Sangue precioso acuda esta pobre alma sacerdotal, nós Vos rogamos atendei-nos, Senhor!
Anjos e Santos do céu, sede seus Intercessores diante de Deus!!"
Não choreis por mim! Chorai antes por eu ter rebaixado com minha descrença a Santa Mãe de Deus. Dei até ordens para que se fechassem as estradas de acesso aos peregrinos..."

E NOSSA SENHORA vem em seguida dizer:

"Eles só acreditam quando já é tarde. Na eternidade lhes é tirada a venda dos olhos. Esta cegueira de corações endurecidos que nem por lágrimas se deixem comover...

Após o falecimento, diz o Bispo Buchberger:

"Peço que escrevam ao Santo Padre João XXIII, a todos os Cardeais, ao Núncio Bofite, aos Arcebispos e Bispos!
Que faça um novo RELATÓRIO e restabeleçam os direitos de Nossa Senhora! Nós Bispos, temos culpa grave porque não acreditamos na missão de Nossa senhora no mundo...! Não seremos libertados, nem chegaremos à visão de Deus enquanto não se reparar o prejuízo feito à Igreja..."

Em 08/12/1961, às 22 hs, fala o falecido Bispo Keller, de Munique:

"Escreve ao Santo Padre que eu fui enredado no maldito Decreto contra as Aparições em Heroldsbach. Pede ao Santo Padre que indague com urgência sobre o caso. Por favor, reza por minha pobre alma, tu que fizeste voto de orar pelos sacerdotes, Oferece por nós o Sangue Precioso durante a Santa Missa".

Em 08/12/1961, às 22 hs, NOSSA SENHORA veio, finalmente, dizer:

"O culto Mariano tem de ser aprovado em muitos lugares e não apenas em alguns ...! Sem saber em que arraial se encontram, trabalham Bispos e Padres ao lado do Inimigo!"

À 19/09/1962, A palavra de Nosso Senhor:

"Tratando-se de autoridade eclesiástica, ninguém deve praticar abuso contra meus filhos Videntes. 
Também o Sr. Bispo de Leiria (Fátima) encontra-se ainda no lugar de purificação. Ele não acreditou na Mensagem de minha querida Mãe e Rainha. Se ele tivesse agido, a Segunda Guerra teria sido evitada! Todos teriam aceito prontamente o grito para fazerem penitência!
Porque só se acredita quando vem o castigo? E porque murchou a Fé no círculo dos Pastores?
Uma vez que o povo em sã razão está acreditando, por que o castigam? Quem justifica perante Deus tal procedimento?
É bom fazer reparação ainda em vida, e pedir desculpas pelos grandes crimes cometidos contra as ordens e desígnios de Deus...

* * *

Após longas discussões sobre a autenticidade das aparições, em 1 de março de 1998 Heroldsbach foi aberto oficialmente pela Igreja Católica como um centro de oração. É um centro de conversão e de nova evangelização, dirigida por Agostinianos e pelo Padre Dietrich von Stockhausen.

A Igreja ainda não tem uma posição oficial sobre Heroldsbach, embora aprove as peregrinações. Certamente, o futuro mostrará que o centro terá importância na história da Santa Igreja.

Recentemente, em março de 2007, a imagem da Santíssima Virgem chorou em albergue para peregrinos na aldeia bávara de Heroldsbach.

****************
Die sieben Heroldsbacher Kinder
Schau der Gottesmutter
Tragen des erschienen Jesuskindes

As numerosas aparições e visões das meninas vidente de sete Heroldsbach (35 km ao norte de Nuremberg) começou em 09 de outubro de 1949 com o sinal verde lucent "JSH" da Trindade acima das bétulas.
J significava "Jahwe", H "Hyos" (em grego: filho) e S "Spiritus Sanctus".
Depois disso, a Santíssima Virgem Maria apareceu sobre as bétulas rezando com as mãos postas. Ela usava roupas brancas, tinham rosas vermelhas nos pés e um rosário preto.
Desde o dia em terceira aparição, a Mãe de Deus levou o menino Jesus no braço esquerdo.
Até 31 de outubro de 1952 a Santa Virgem Maria apareceu, principalmente, com um vestido azul e uma coroa de ouro. Ela desejava insistentemente orações penitência e expiação.
De 13 de janeiro de 1950 em diante, a Mãe de Deus deixou o seu lugar acima das bétulas e vinha regularmente às crianças videntes. Eles foram autorizados a tocar seu corpo e as mãos.
Eles poderiam notar sua presença real combinada com uma força fluente. Além disso, eles tocaram e levaram o Menino Jesus, que mais tarde veio também como menino, adulto salvador, coração sagrado, bom pastor e redentor na cruz.
Muitos anjos e santos apareceu bem, primeiro deles St. Joseph.
Especial importância foi transmitida através dos sete santos com missões próprias: o Papa Pio X (eucaristia), o irmão de Noel e Teresa de Lisieux (humildade), Maria Goretti e Aloysius (castidade), Antonius e Kreszentia Höß (contra aflição demonical).
Lista dos Santos da Europa-Nortwest Norte / apareceu em Heroldsbach, conf. o protocolo do Prof Dr. Walz: Ursula (princesa da Inglaterra, terceiro ou quarto século), Patrick (385 Inglaterra - 461 Irlanda), Brigitta (e) a partir de Kildare (453 - 525, Irlanda), Fridolin (de Säckingen, * na Irlanda, 538), Kilian (640 Mullagh / Irlanda - 689 Würzburg / Baviera), Oda (* 725 em Brabant / Bélgica, * 7 º século na Escócia), (Alfred (rei da Inglaterra, 848-900) ou o alemão Alfred Delp ( Anti-Nazi)), Edward (reis da Inglaterra: O Mártir, 963-978 ou O Confessor, 1003-1066), Kanut IV (Knut, o rei de DK, * 1043), Ingeborg (* 1180 na Dinamarca, Filha de dinamarquês King), Josef (Bélgica, 500 - 552, Mártir), Wido (Guido de Anderlecht / Bélgica, 1012), Hubert (nós) (655 Toulouse - 727 de Tervuren, na Bélgica, bispo de Maastricht e Liège).
Heroldsbach teve várias visões significativas e ocorrências: . O milagre do sol em 8 de dezembro de 1949 com 10.000 testemunhas As visões berço de Natal noite de 1949 e 1951.
A comunhão mística.
A fonte cavou místico de misericórdia.
A santa trindade processo.
A luz especial efeitos (entre eles um sol / luz pergunto serrada por 70,000 peregrinos em 2 de fevereiro de 1950 e uma maravilha de luz em 1 de novembro de 1950 quando a Santa Virgem Maria apareceu aos
peregrinos rezando).
No dia 9 do mês 9 aparência, a Mãe de Deus manifesta o seu título para Heroldsbach como "Queen of Roses", ou seja, rainha da graça.
Durante e desde o tempo das aparições muitas curas e novos despertares religiosos ocorreu.
A mãe de Deus apareceu no Heroldsbach também com avisos de guerra que podem ser prevenidas por meio da oração.
Depois de longas discussões duradouras sobre a autenticidade das aparições, em 01 de março de 1998
Heroldsbach foi inaugurada oficialmente pela Igreja Católica como centro de oração. É um centro de reversão
e nova evangelização, dirigida por Cânones agostiniano com o Pai Dietrich von Stockhausen. O futuro vai nos mostrar que importância terá esse centro na história da Igreja Santo.
Heroldsbach está localizado na parte da Francônia da Baviera, o estado federal da Alemanha, onde o Papa Bento XVI vem.
Em 2009 comemoramos o 60 º aniversário das aparições com muitas atividades.
Veja também o site oficial: www.gebetsstaette-heroldsbach.de
O clube de peregrinos Heroldsbach tem existido desde 1953 e campanhas para a autenticidade das aparições e
da construção e manutenção das orações "lugar.
Na década de 70 os peregrinos 'lar e na igreja de peregrinação grande foi construído pelo clube. O presidente em exercício Christoph Langhojer representa os interesses do clube no conselho da fundação. É aprovado pela Igreja, que consiste também membros da igreja católica.
Se você quiser ser um membro do clube por favor, vá para "Downloads", "Mitgliedsantrag" e preencha seus dados. O valor da contribuição mínima é de 10 euros, -/year. Conta bancária: Raiffeisenbank Heroldsbach (Post Code / ZIP 91.336), não conta. 49700, código do banco 770 690 52, Código BIC / SWIFT: GENODEF1HOB, IBAN: DE17 7706 9052 0000 0497 00.
Os membros do clube confiar à Mãe de Deus, que se despediu com as palavras: ". Eu estou sempre aqui, embora você não pode me ver"
***
1949/09/10 - 31/10/1952 data de publicação
construção da capela, o pódio com uma estátua da Rainha Rose e outros altares.
1953/01/04 Fundação da Pilgrims Society Heroldsbach eV
Norbert Langhojer após a data de publicação como o representante da Sociedade de peregrinos arrendou a área central da aparência do site. Primeira extensão: dois pequenos telhados de vidro em ambos os lados do pódio como a proteção do tempo para os adoradores. No decurso da preparação do "Caminho Místico da Cruz" ou "Altar Sagrado", o "Anjos do altar" ea grande estátua de bronze da Rainha Rose e expansão da "fonte de graça", 70, construção da casa peregrinos na beira da aparência do site com cozinha peregrinos, peregrino salão, dormitórios e banheiros. 80
cultivo da igreja de vidro para a capela, iniciada pela Sra. A. Biegansky, uma oração líder de longa data, o único local anterior do site fenômeno alastrando, que foi pelo então proprietário José Heilmann gentilmente convidados desde o tempo do aparecimento da Virgem Maria e os peregrinos estão disponíveis.
Ao mesmo tempo que gere a peregrinação é um outro clube, o site adjacente na parte central do fenômeno de adquirir terras. Então o clube está construindo sob a liderança de seu presidente, Norbert Langhojer, em 1985 o santuário. Como a igreja só com contribuições e doações podem ser financiados, o interior atrai para um período de 20 anos. Inicialmente, os peregrinos rezando sentar na concha da nave sobre temporárias bancos rebatíveis. Somente o santuário foi completada. Com grandes esforços e sacrifícios, e contra muitas probabilidades, a grande obra ainda cada vez mais toma forma.
1996/97 , o então pároco, arauto Bacher, Josef Kraus leva, as discussões iniciais sobre o estabelecimento de um lugar de culto religioso com os proprietários da família do "chão de montanha" top Heilmann / ferro. Um recém-nomeado arcebispo Comissão está em novo ciclo de discussões na reitoria. Em seguida, ele também assume a representante da Sociedade de peregrinos, o Sr. Christopher parte Langhojer. Após a clarificação de termos e questões detalhadas para ambos os proprietários concordam em levar suas propriedades para a Fundação Católica "adorar Heroldsbach".
Primeiro Maio de 1998 estabelecimento oficial da "adoração Heroldsbach" pelo arcebispo de Bamberg, Dr. Charles Brown. Criação
do Conselho da Fundação, com sete membros. HH Pai Dietrich von Stockhausen (Irmãos da Vida Comum - Cânones agostiniano) assumiu a gestão.
13 Maio de 1998 inauguração da Heroldsbach adoração com as duas igrejas por Dom Werner Radspieler.
1998-2008 . modificação e conclusão de vários edifícios com subsídios da Arquidiocese de Bamberg
construção do parque. de carro pela Sociedade Pilgrim construção do altar exterior em frente ao pódio. Agradecimentos especiais vão para o zelador do lugar de oração, o Sr. Armin Büttner por seus notáveis esforços, bem como todos os voluntários!
Outubro 2008 - outubro de 2009
petição da Sociedade Pilgrim para a retomada do processo de análise para as manifestações sobrenaturais do arauto de córrego no 60 º aniversário. Quase 1 7 0 0 0 peregrinos para apoiar essa preocupação com a sua assinatura, que foi enviada ao Arcebispo de Bamberg e ao Santo Padre em outubro de 2009.
2010 - 2011 renovação da >> "Caminho Místico da Cruz" e transformar o adro da Igreja de Santa Maria e instalação de nova grandeestátua de bronze de São >>. Joseph pela Sociedade Pilgrim.

***


Jacareí, 09 de Novembro de 2005 - Mensagem do ANJO SÃO MARIEL

(Relato-Marcos): Hoje, apareceu-me o Anjo Mariel. Depois das saudações, disse-me:
"-Marcos, escreva tudo isso que Eu vou lhe dizer... Se o mundo não se arrepender do que fez
contra as Aparições da Mãe de Deus na cidade de Heroldsbach, um grande castigo vai cair
sobre todo o planeta terra. Se a humanidade não tivesse prejudicado aquelas Aparições, elas
teriam sido conhecidas e obedecidas. Porque o clero proibiu a divulgação daquelas Mensagens;
porque excomungou as videntes e o povo fiel à Mãe de Deus, será punido com a perseguição e a
deserção das pessoas.
Se o clero não tivesse feito tudo isso, as Aparições e Mensagens de Heroldsbach seriam
conhecidas e obedecidas por toda a humanidade...
O Coração de Jesus, Nosso Senhor foi de novo transpassado por uma lança dolorosa, e assim
Ele permanece até agora...
Você deve dizer às pessoas que façam desagravo, que rezem muitos Rosários para aplacar a
cólera do Senhor. Que as pessoas rezem para neutralizar a força de Satanás, pois ele quer
destruir todas as Aparições, todas!
Que se repare todo o mal feito às Aparições de Heroldsbach, caso contrário, o Pai Eterno vai
golpear justamente o mundo com o chicote do castigo."
(Relato-Marcos): Em seguida, desapareceu.



DEFESA ÀS APARIÇÕES DE JACAREÍ

DEFESA ÀS APARIÇÕES DE JACAREÍ

(FEITA POR UM PEREGRINO, AO CONTEMPLAR UM VÍDEO FALANDO MAL DAS MESMAS CITADAS ACIMA, E SOBRE A CARTINHA DO BISPO DA ÉPOCA, ALEGANDO QUE AS APARIÇÕES NÃO ERAM VERDADEIRAS)

NÃO SEI QUEM FEZ MAS PRA MIM ESSA PESSOA MERECIA UMA MEDALHA DE HONRA DE NOSSA SENHORA POR ESTA BELA DEFESA

"Quando você diz que devemos dar ouvidos ao que os padres dizem a respeito das aparições de Jacareí, corre em um ledo engano, pois, a “opinião pessoal” deles é que não pode ser elevado ao nível de “dogma de fé”. As cartas de Dom Nelson são muito citadas pelos que latem que estas Sagradas Aparições são falsas. Portanto, mister se faz alguns esclarecimentos. Há duas cartas oficiais onde este indigitado bispo trata da matéria “aparições”. Uma primeira, publicada em 1996, enquanto o mesmo ainda era bispo de São José dos Campos (diocese a qual pertence Jacareí). Nesta, não há menção alguma ao nome do Profeta Marcos Tadeu Teixeira, muito menos, excomunhão, há somente algumas orientações pastorais. A segunda, publicada em 2007 e republicada em 2011, realmente traz explicitamente o nome do Profeta Marcos Tadeu Teixeira, porém, nesta, a palavra “excomunhão” é sequer mencionada.

Ainda há um probleminha com esta segunda carta. O dito bispo (certamente pela providência de Nossa Senhora) foi transferido para a diocese de Santo André/SP em 2003, e, observem, a segunda carta publicada por ele ocorreu no ano de 2007, quando já havia deixado de ter jurisdição eclesiástica sobre a cidade de Jacareí. Portanto, o mesmo, ao editar esta carta, violou a jurisdição eclesiástica conferida a ele pela Igreja, e, ainda, violentou gravemente a autoridade de Dom Moacir, então, bispo da Diocese de São José dos Campos, que, se quisesse, poderia ter criado o maior caso com isso, pois Dom Nelson desrespeitou frontalmente e atropelou sua autoridade eclesiástica, uma verdadeira afronta. Então eu lhes pergunto, vocês ainda vão dar credibilidade a um documento irregular e eivado de vícios como esse?

Vale lembrar, que não é obrigatório seguir estas cartas circulares dos bispos. Não há heresia nem cisma nisso. Um católico somente pode ser acusado de cismático ou herege se atentar contra os Dogmas de Fé. Que eu saiba, carta circular de bispo não é Dogma de Fé. Como a primeira carta de Dom Nelson não condena as Aparições de Jacareí, e a segunda está irregular, pode-se dizer que não pesa condenação oficial e regular da Igreja sobre estas Santas Aparições. Além do mais, até o presente momento, Dom José Valmor, que atualmente tem jurisdição eclesiástica sobre Jacareí, não fez pronunciamento oficial sobre as mesmas. Documento oficial onde o Profeta Marcos foi excomungado, também é inexistente, portanto, qualquer informação que diga o contrário é fruto de pura “fofoca”.

Ressalto que em Jacareí, realmente, não damos tanta importância aos documentos do Vaticano. O que nós realmente valorizamos é a doutrina que nos foi transmitida pelos santos, como Santo Afonso, São Luiz, Santa Teresa, São João da Cruz, etc... Outro adendo que gostaria de acrescentar, diz respeito ao fato da obrigatoriedade ou não das Sagradas Mensagens Celestiais. A orientação predominante entre os teólogos católicos, de que não é obrigatório seguir as Aparições de Nossa Senhora, se funda em meras opiniões pessoais de alguns clérigos a respeito do assunto. Esta orientação não tem o caráter da infalibilidade papal e muito menos é um Dogma de Fé. Realmente, o catecismo atual traz algo nesse sentido, mas vale lembrar que o mesmo não recebeu o caráter da infalibilidade pelo Concílio Vaticano II. Bem ao contrário do Santo Catecismo do Concílio de Trento. Este sim, recebeu o caráter de infalível. Ocorre que nossa amada Igreja há muito se transviou de uma tradição bíblica milenar, através da qual o “Deus dos Exércitos” sempre manifestou sua vontade ao povo de Israel por meio de suas aparições aos profetas (mesmo fenômeno que ocorre com o, também, profeta Marcos Tadeu, pois os fenômenos miraculosos e de aparições que ocorrem naquele Santuário, são da mesma espécie dos verificados na Sagrada Bíblia).

Ora, nos tempos bíblicos não era através dos fariseus, saduceus, príncipes e doutores da lei (a Igreja oficial da época) que Deus dava as suas diretrizes ao povo eleito, mas sim, através dos profetas, em outras palavras, dos videntes. Nos primórdios do cristianismo, também ocorria assim, pois, a própria origem da nossa amada Igreja se funda nas “aparições” de Jesus aos apóstolos e discípulos. Então, por que esta tradição bíblica foi quebra? Será que é porque as aparições aos profetas cessaram? Errado, pois nos últimos 100 anos ocorreram mais de 1000 aparições de Nossa Senhora, dos santos e anjos, e até de Deus.
A pergunta correta é, por que o clero tenta abafar isso, pois grande parte, senão todas, destas aparições também foram acompanhadas de sinais miraculosos, como, curas inexplicáveis pela ciência, sinais na natureza, etc... Se Deus usava deste expediente nos tempos bíblicos, certamente deveria continuar a usá-lo nos tempos do catolicismo, pois uma grande verdade que a Teologia professa é que Deus é imutável. Não citarei as passagens bíblicas onde Deus manifesta sua vontade através dos videntes/profetas, pois se assim fizesse, teria que citar a Bíblia inteira, pois a própria formação e ensinamentos nela transmitidos se dão por este meio. Gostaria apenas de citar um pequeno exemplo de qual atitude deveremos tomar frente às Aparições de Jacareí, tomando por base a Bíblia. Saulo, quando se dirigia à cidade de Damasco e Jesus lhe “aparece” exclama: “Senhor, que queres que eu faça?” (At 9, 6). Naquela ocasião, Jesus disse a ele para procurar os fariseus e saduceus (a Igreja oficial da época)? Não! O ordenou que entrasse na cidade de Damasco e ali lhe seria dito o que deveria fazer. Beleza. E quem Deus enviou para Saulo? Os fariseus e saduceus (a Igreja oficial da época)? Não! Mas Ananias, um vidente. Como eu sei que Ananias era um vidente? As Sagradas Escrituras nos contam que foi uma aparição de Jesus que disse para ele ir procurar Saulo. É só conferir At 9, 10-16ss.

Outro exemplo foi Judas Iscariotes; este preferiu errar com a Igreja oficial da época (lembra né, fariseus e saduceus) que acertar sem ela. Bom... Errou mesmo! E segundo alguns santos místicos, como Maria de Ágreda, sua alma se encontra no inferno. Assim, a posição teológica defendida pela maioria dos teólogos atuais, de que as aparições não são obrigatórias, falando em termos de estudo teológico da atualidade, é perfeitamente passível de questionamento, e, inclusive, daria uma boa tese de doutoramento. É um posicionamento que pode ser mudado. Não é Dogma de Fé. Gostaria de finalizar este ponto dizendo o seguinte. Jesus tolerou para sempre aquela Igreja oficial da época (o judaísmo) que rejeitou o projeto que suas aparições aos Apóstolos (que também eram videntes) propunha? Claro que não!!! Por causa disso, Deus se retirou do meio daquela Igreja e passou a habitar no meio dos seus videntes, os apóstolos e discípulos, e, assim, surgiu a nossa amada Igreja Católica (Mt 21, 39-45).

Não é objetivo do Profeta Marcos Tadeu, nem de sua Ordem e muito menos de nós, a Milícia da Paz (formada por todos os fiéis seguidores daquele Santuário) provocar um cisma na Igreja. Nós apenas denunciamos os erros (prerrogativa esta, conferida aos leigos pelo próprio Concílio Vaticano II), lutamos para que a devoção a Nossa Senhora, aos santos e anjos seja colocada em seu devido lugar, e que as suas mensagens, e as dos demais santos, e até as de Deus, seja acolhida como nos tempos Bíblicos, pois acreditamos que se isto não for feito, irá se abater gigantescos cataclismos sobre a Terra, de uma tal magnitude que nunca houve, nem jamais haverá. Acreditamos que esta “palavra de Deus” transmitida nas aparições é o caminho e a única forma de salvar o mundo, e qualquer obra, ou pessoa, que ensine ou faça diferente do que elas dizem, é desprezada por nós. O motivo para isto é muito simples. Desde tempos remotos, as Aparições de Nossa Senhora (inclusive as não aprovadas pela Igreja) vêm dizendo o que aconteceria ao mundo se esta “palavra de Deus” não fosse obedecida. Resultado, tudo o que elas disseram, em um passado remoto, está se cumprindo na atualidade. Então, não há outra conclusão a se fazer, a não ser admitir que elas eram verdadeiras, e que o clero errou. Aliás, o histórico de erro do clero é algo realmente interessante. Basta citar a condenação que pesou durante 20 anos sobre as Santas Aparições de Jesus Misericordioso à Santa Faustina, e não foi por um “bispozinho” qualquer. Foi pelo próprio papa da época. Se não fosse a atuação do então Cardeal Karol Józef Wojtyła, futuro Papa João Paulo II, estas aparições estariam condenadas até os tempos atuais, e, certamente, você seria um grande opositor delas, não é? Infelizmente, como atualmente o número de Cardeais, e clérigos em geral, com este nível de espiritualidade é praticamente nulo... tadinha das aparições... snif. Praticamente nenhum deles entende de Teologia Mística, o estudo apropriado para se avaliar as aparições e estudá-las.

Além do mais, as aparições de La Salette, Lourdes e Fátima, para quem conhece mais a fundo sua história, verá que elas na verdade não foram aceitas pelo clero. Muito pelo contrário, este as combateu com todas as suas forças. Na realidade, o que ocorreu, é que os fiéis praticamente as fizeram descer goela abaixo na garganta do clero, de tal modo, que eles não tiveram outra opção a não ser aprová-las. E, mesmo nestas que foram aprovadas, o estrago que o clero fez é algo incomensurável. Não as divulgou como deveria; se o corpo incorrupto de Santa Bernadete estivesse no Santuário de Lourdes iria converter milhões de fiéis, no entanto está praticamente escondido no convento de Nevers; o corpo incorrupto de Santa Jacinta foi escondido dos fiéis; a esmagadora maioria dos vaticanistas da Itália é de acordo que, até hoje, o terceiro segredo de Fátima não foi revelado em sua integralidade; a consagração da Rússia não foi feita como Nossa Senhora pediu até os dias atuais, etc... E isso, só para citar os danos que me vem à mente neste momento.

No Santuário das Aparições de Jacareí, o Profeta Marcos está resgatando tudo aquilo que a Igreja e a sociedade tanto se esforçaram para extinguir, os escapulários, medalhas, mensagens, enfim, a salvação do mundo que Nossa Senhora nos revelou e ofereceu com tanto amor ao longo de suas aparições na história. Sem dúvida, lá está se cumprido a passagem da Escritura na qual se diz: “Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas...” Mt 13,52 É uma nova aparição que resgata todas, até as mais antigas. Portanto, se ainda quiserem seguir a doutrina da cabeça deste cara de que não precisamos de aparições, o problema é de vocês. Aliás, se formos pensar bem, porquê Deus, Nossa Senhora os anjos e os santos apareceriam, né? Afinal de contas, nosso mundo está uma verdadeira maravilha, não é? Não temos problemas de droga, prostituição, corrupção, degradação moral, depressão, decadência da Igreja, violência, roubos, assassinatos, guerras, miséria..., todos os sacerdotes são verdadeiros Serafins de santidade, enfim, o Vaticano está dando conta do recado... Só não está apresentando um desempenho melhor devido a um “pequeno” probleminha de tráfico de influência entre os altos clérigos, desvio de verbas do banco do Vaticano, looby gay entre os padres, pedofilia generalizada, um papa progressista e comunista..., mas, afinal de contas, são probleminhas fáceis de serem solucionados, né? É... Em um mundo maravilhoso e em ótimo funcionamento como esse, realmente não entendo o motivo de tantas aparições..."