Pesquisar no Blog

29 de nov de 2012

TERÇOS POTENTÍSSIMOS CONTRA AS FORÇAS DO MAL


TERÇO DAS LÁGRIMAS DE SANGUE - MEDITADO

http://gloria.tv/?media=364986

TERÇO DAS SANTAS CHAGAS DE JESUS - MEDITADO

http://gloria.tv/?media=330212

TERÇO DO TRIUNFO - MEDITADO

http://gloria.tv/?media=350091

telefone de contato 0xx 12 9701 2427


HOJE INICIA-SE A NOVENA EM PREPARAÇÃO PARA A FESTA DA HORA DA GRAÇA UNIVERSAL


VENHA REZAR CONOSCO NO DIA 8 DE DEZEMBRO DE 2012
COMO NOSSA SENHORA PEDIU EM MONTICHIARI E EM JACAREÍ. 
SERÁ A HORA DA GRAÇA UNIVERSAL!

08 DE DEZEMBRO - 11HS - SÁBADO - CENÁCULO ESPECIAL DA HORA DA GRAÇA UNIVERSAL - SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ SP BRASIL

PREPAREMO-NOS PARA ESTA SOLENIDADE! 
REZANDO MUITO EM HONRA Á IMACULADA CONCEIÇÃO!

**********************************

NOVENA EM PREPARAÇÃO À HORA DA GRAÇA NO DIA 8 DE DEZEMBRO - SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ SP BRASIL

29 DE NOVEMBRO - INÍCIO DA NOVENA EM PREPARAÇÃO À HORA DA GRAÇA:

Como se preparar para o dia 8 de Dezembro

(Marcos): “-Senhora, como devemos nos preparar para a Festa da Vossa Imaculada Conceição e para a Hora da Graça que faremos aqui ao meio-dia do dia 8 de dezembro?” (Maria Santíssima):“-Rezem todos os dias o Terço da Imaculada Conceição e o ato de contrição. No fim, façam 3 vezes o sinal da Cruz em honra do tríplice amor que a Santíssima Trindade teve por Mim ao Me criar Imaculada. Isto por 9 dias seguidos.”(Relato-Marcos): Em seguida, falou particularmente comigo, abençoou-me, beijou uma Medalha Milagrosa grande que eu tinha colocado nas mãos da Sua veneranda imagem e desapareceu.

Maria Santíssima sempre pede que rezemos também o salmo 51 durante nove dias juntamente ao terço da Imaculada Conceição antes do dia 8 de Dezembro (começar dia 30 de Novembro) para que nos preparemos para a Hora da Graça e sejamos menos indignos Dela.

TERÇO DA IMACULADA CONCEIÇÃO
http://gloria.tv/?media=225169
Salmos, 51
1. Ao mestre de canto. Salmo de Davi,

2. quando o profeta Natã foi encontrá-lo, após o pecado com Betsabé.

3. Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade. E conforme a imensidade de vossa misericórdia, apagai a minha iniqüidade.

4. Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado.

5. Eu reconheço a minha iniqüidade, diante de mim está sempre o meu pecado.

6. Só contra vós pequei, o que é mau fiz diante de vós. Vossa sentença assim se manifesta justa, e reto o vosso julgamento.

7. Eis que nasci na culpa, minha mãe concebeu-me no pecado.

8. Não obstante, amais a sinceridade de coração. Infundi-me, pois, a sabedoria no mais íntimo de mim.

9. Aspergi-me com um ramo de hissope e ficarei puro. Lavai-me e me tornarei mais branco do que a neve.

10. Fazei-me ouvir uma palavra de gozo e de alegria, para que exultem os ossos que triturastes.

11. Dos meus pecados desviai os olhos, e minhas culpas todas apagai.

12. Ó meu Deus, criai em mim um coração puro, e renovai-me o espírito de firmeza.

13. De vossa face não me rejeiteis, e nem me priveis de vosso santo Espírito.

14. Restituí-me a alegria da salvação, e sustentai-me com uma vontade generosa.

15. Então aos maus ensinarei vossos caminhos, e voltarão a vós os pecadores.

16. Deus, ó Deus, meu salvador, livrai-me da pena desse sangue derramado, e a vossa misericórdia a minha língua exaltará.

17. Senhor, abri meus lábios, a fim de que minha boca anuncie vossos louvores.

18. Vós não vos aplacais com sacrifícios rituais; e se eu vos ofertasse um sacrifício, não o aceitaríeis.

19. Meu sacrifício, ó Senhor, é um espírito contrito, um coração arrependido e humilhado, ó Deus, que não haveis de desprezar.

20. Senhor, pela vossa bondade, tratai Sião com benevolência, reconstruí os muros de Jerusalém.

21. Então aceitareis os sacrifícios prescritos, as oferendas e os holocaustos; e sobre vosso altar vítimas vos serão oferecidas.

ATO DE CONTRIÇÃO

"Senhor, pesa-me muito de vos ter ofendido, pois sois meu verdadeiro Deus, que me criaste à vossa imagem e semelhança; sois meu Redentor, e com o vosso precioso sangue e com tantas dores e angustias me remistes; peço-vos, Senhor, por vossa sagrada Morte e Paixão, me queirais perdoar, e proponho firmemente com a vossa graça nunca mais vos ofender, e apartar-me de todas as ocasiões que me fizeram cair em pecado. Assim seja."
*******************
“Meu Jesus, sei que tenho feito pecado, perdido o Céu e merecido o Inferno. Mereço ser castigado neste mundo e no outro. Mas, pesa-me Senhor de vos ter ofendido. Ajudado por Vossa Santíssima Mãe e por Vossa Divina Graça Vos prometo nunca mais Vos ofender. Renuncio a Satanás, às suas pompas e às suas obras e prometo viver como bom cristão. Meu Jesus, Misericórdia!”

TERÇO DA IMACULADA CONCEIÇÃO
08.12.2011-Mensagem de Maria Santíssima e Santa Clotilde - Festa da Imaculada Conceição - Hora da Graça - Santuario das Aparicoes de Jacareí SP Brasil


08.12.2010 - IMPORTANTE MENSAGEM DE NOSSA SENHORA
SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ

08.12.2010 - MENSAGEM DE SANTA DOROTÉIA NO ANO DE 2010.

NOVEMBER 29TH - NOVENA IN PREPARATION FOR THE HOUR OF GRACE DAY IN DECEMBER 8th - APPARITIONS SHRINE - JACAREI - SP - BRAZIL



NOVEMBER 29TH - BEGINNING OF NOVENA IN TIME TO THE PREPARATION OF THE HOUR OF GRACE

How to prepare for the December 8th.

(Mark) "- Lady, how should we prepare for the Feast of the Immaculate Conception, and for Your Hour of Grace that we will do here at noon, on the 8th of December?"

(Mary) "-Pray the Chaplet of the Immaculate Conception everyday and the act of contrition. In the end, make 3 times the sign of the cross in honor of the threefold love that the Most Holy Trinity had to Me, creating Me Immaculate. This by 9 days straight. "

(Reporting-Marcos): Then spoke particularly with me, blessed me, kissed a big Miraculous Medal, that I had placed in the hands of Her venerable image, and disappeared.

Most Holy Mary also always asks that we pray Psalm 51 over the 9 days along with the Chaplet of the Immaculate Conception prior the December 8th (begining November 29th) for that we prepare for the Hour of Grace, and let us being, less unworthy Her.

Novena of the Immaculate Conception 

Act of Contrition

O my God, I am heartily sorry for  having offended you, and I detest

all my sins, because of Your just punishments, but most of all because

they offend You, my God, who are all-good and deserving of all my love.

I firmly resolve, with the help of Your grace, to sin no more and to

avoid the near occasion of sin.


Chaplet of the Immaculate Conception

O Mary, conceived without sin, pray for us who have 

recourse to you. (3 times)


Come to the Mysteries

1st: The Immaculate Conception of Mary.

2: The Birth and Childhood of Our Lady.

3: Our Lady in the Annunciation of the Angel.

4: Our Lady in Jesus public Life.

5: Our Lady at Cross's feet.

6: Our Lady in Glory in Heaven


In large beats, " Glory Be"

In small beats: O Mary, conceived without sin, pray for us who have 
recourse to you.


Remember

Remember, O most compassionate Virgin Mary, that never was it known that anyone who fled to your protection, implored your assistance, or sought your intercession was left unaided. Inspired with this confidence, we fly unto you, O Virgin of Virgins, our Mother; to you we come; before you we kneel sinful and sorrowful. O Mother of the Word Incarnate, despise not our petitions, but in your clemency hear and answer them. + Amen


Psalm 51

For the director of music. A psalm of David. When the prophet Nathan came to him after David had committed adultery with Bathsheba.

1 Have mercy on me, O God,
according to your unfailing love;
according to your great compassion
blot out my transgressions.
2 Wash away all my iniquity
and cleanse me from my sin.

3 For I know my transgressions,
and my sin is always before me.
4 Against you, you only, have I sinned
and done what is evil in your sight;
so you are right in your verdict
and justified when you judge.
5 Surely I was sinful at birth,
sinful from the time my mother conceived me.
6 Yet you desired faithfulness even in the womb;
you taught me wisdom in that secret place.

 Cleanse me with hyssop, and I will be clean;
wash me, and I will be whiter than snow.
8 Let me hear joy and gladness;
let the bones you have crushed rejoice.
9 Hide your face from my sins
and blot out all my iniquity.

10 Create in me a pure heart, O God,
and renew a steadfast spirit within me.
11 Do not cast me from your presence
or take your Holy Spirit from me.
12 Restore to me the joy of your salvation
and grant me a willing spirit, to sustain me.

13 Then I will teach transgressors your ways,
so that sinners will turn back to you.
14 Deliver me from the guilt of bloodshed, O God,
you who are God my Savior,
and my tongue will sing of your righteousness.
15 Open my lips, Lord,
and my mouth will declare your praise.
16 You do not delight in sacrifice, or I would bring it;
you do not take pleasure in burnt offerings.
17 My sacrifice, O God, is a broken spirit;
a broken and contrite heart
you, God, will not despise.

18 May it please you to prosper Zion,
to build up the walls of Jerusalem.
19 Then you will delight in the sacrifices of the righteous,
in burnt offerings offered whole;
then bulls will be offered on your altar.

phone:             +55 12 9701 2427       

Dia 29 de novembro aniversário das Aparições de Nossa Senhora em BEAURAING (Bélgica) - 1932-1933


Dia 29 de novembro aniversário das Aparições

Filme: Vozes do Céu 5
RELATA AS DUAS APARIÇÕES DE NOSSA SENHORA NA BÉLGICA - NAS CIDADES DE BEAURAING (1932) e BANNEUX (1933)
Edição e narração do vidente Marcos Tadeu Teixeira
Santuário das Aparições de Jacareí - SP - Brasil

Nossa Senhora de Beauraing
Os videntes
 
 

As irmãs Andreia e Gilberta Degeimbre, de 14 e 9 anos respectivamente, e outros três irmãos, Fernanda, Alberto e Gilberta Voisin, de 15, 11 e 7 anos.

A mensagem

Na tarde de 29 de Novembro de 1932

As duas irmãs Degeimbre e os dois irmãos Alberto e Fernanda Voisin, dirigem-se para a escola das religiosas, para irem buscar a mais nova dos Voisin, Gilberta. Já tinha caído a noite e fazia frio.

No fim da rua da igreja, onde era a escola das irmãs, elevam-se dois pilares que sustentam um viaduto. Alberto, chegados à parta da escola, volta-se na direcção dos pilares e é aí que vê uma forma branca, semelhante à imagem de Nossa Senhora de Lourdes que estava numa reprodução da gruta de Lourdes, que havia no jardim da escola. Perante a exclamação de Alberto, todas as crianças se viraram e viram uma pessoa vestida de branco que flutuava no ar entre o viaduto e gruta da Virgem de Lourdes. Aparece entretanto a pequena Gilberta à porta da escola e, não sabendo de nada, vê também "uma mulher vestida de branco e de mãos juntas, e que olhava para ela". As religiosas, alertadas pelas palavras das crianças, disseram que uma imagem (a da gruta de Lourdes) não podia mexer e mandaram-nas para casa.
No dia seguinte, o mesmo grupo deslocou-se à escola à mesma hora. Lá estava Nossa Senhora com o mesmo aspecto, deslocando-se no ar.

No dia 1 de Dezembro

Novamente as crianças se dirigiram ao local, seguidas de cerca de doze pessoas entre as quais a mãe Degeimbre munida dum varapau.

A Virgem aguardava as crianças no caminho que vai desde o gradeamento do jardim da escola até à gruta. A visão durou apenas instantes, o tempo de ver uma luz mais intensa que das outras vezes e que a cabeça da virgem estava rodeada duma coroa feita de numerosos raios dourados que lhe cingia a fronte. Tinham também brilhantes olhos azuis que contemplavam as crianças com extrema doçura.


Feitas as inspecções sem sucesso pela Sra. Degeimbre e pelos outros, as crianças preparavam-se para voltar a casa quando deram um grito e, diante delas, em cima duma nuvem junto ao chão, estava a Virgem de mãos juntos e de olhos virados para o céu. As crianças caíram em êxtase. Quando a imagem desapareceu, abrindo os braços para as saudar e abençoar, sempre sem dizer uma palavra, as crianças saíram do êxtase. Mas, poucos passos à frente, viram de novo a Virgem e não foi pela última vez nesse dia. As mães dos videntes decidiram voltar à gruta para mais inspecções, As crianças foram atrás delas e cerca das oito da noite, depois de terem ultrapassado o gradeamento, Alberto, Fernanda e Andreia caíram de joelhos: a Virgem tinha voltado e estava debaixo dum arbusto, um tronco de espinheiro.

A Virgem apareceu neste local mais de 30 vezes. A Madre Superiora proibiu que as crianças fossem à escola no dia seguinte. As crianças obedeceram mas passaram a noite a rezar e a chorar.

Todas as aparições acorreram ao fim do dia, o que deu origem a uma grande afluência. Nos primeiros dias a Santa Senhora parecia esperar pelas crianças. Apareceu-lhes enquanto rezavam o terço. Quando a viram, as suas vozes tornaram-se mais agudas e mais altas parecendo uma só voz. Algumas centenas de pessoas rezavam com elas durante este silêncio puro. As religiosas que escutam esta maravilha, que terão elas pensado? A verdade é que não apareceram e conservaram o gradeamento fechado. Então, em 8 de Dezembro, de manhã muito cedo, confessa-se um grande número de pessoas, muitas delas claramente convertem-se. Um número enorme recebe a comunhão. Depois da missa há uma procissão aos troncos de espinheiro. Começa a vir gente de toda a parte da Bélgica.

Às três horas da tarde, o terreno do convento está cheio de gente, bem como a rua. A polícia mantém a ordem e entoa-se o cântico: "Estende as tuas mãos abençoadas sobre toda a Bélgica". O espaço em torno dos espinheiros está cheio de velas acesas e então, o gradeamento do convento é fechado o que não foi muito fácil. As velas são apagadas e a polícia continua a patrulhar o lugar para proteger a propriedade das religiosas e impedir que as pessoas forcem o gradeamento.

Às 18 horas, as crianças chegam e ouve-se uma voz que diz: "Ela está aqui!!" Caem de joelhos e rezam a Avé Maria. Pedem a Nossa Senhora que fale mas ela faz só um sorriso. Então todos rezam o terço inteiro e a aparição permanece visível durante todo o tempo.

Há seis médicos que querem ver as crianças e examiná-las. Passam uma lâmpada eléctrica diante dos olhos de uma das crianças, um médico enfia uma agulha profunda noutra criança e coloca um fósforo aceso em cima da mão de uma das meninas, o fósforo arde até ao fim, mas não aparece nenhum sinal de queimadura. Os médicos concordam todos que as crianças estão em êxtase total.

As crianças são interrogadas em separado, mas não surgem diferenças entre o que cada uma diz. É admirável escutar o que a mais nova diz quanto à aparência da Senhora. Mas as pessoas perceberam que Nossa Senhora apareceu.

Finalmente, a Senhora diz quem é, respondendo a uma pergunta de Alberto:


Sou a Virgem Imaculada.

E Alberto continua: "Que quer de nós?"

A Virgem responde:


Quero que sejais sempre muito bons.

Em 23 de Dezembro, diz:


Queria que se construísse aqui uma igreja para que as pessoas possam vir em peregrinação.

Em 29 de Dezembro, Fernanda ouve dizer-lhe:


Rezai sempre.

Ao mesmo tempo, Fernanda vê aparecer sobre o peito da Virgem um coração de ouro resplandecente.

E também em 2 de Janeiro, Nossa Senhora diz:


Amanhã direi a cada um de vós, algo de muito especial.

Em 3 de Janeiro é o último dia das aparições e definitivamente o dia mais importante para os anúncios. Alberto recebe um segredo que nunca revelou e sua irmã Gilberta também.

Mas Gilberta, a mais crescida, ouve a grande promessa de Beauraing:


Converterei os pecadores.

E a Andreia, confirma a sua identidade:


Sou a Rainha do Céu e a Mãe de Deus. Rezai sempre.

A Fernanda, que ao princípio não se tinha dado conta de nada e que por isso continuava a rezar mais afincadamente, Nossa Senhora disse:


Amas o meu Filho? Amas-me? Então oferece-te a mim!

******************************************************************
Papa João Paulo II ajoelhado em frente a 
imagem de Nossa Senhora de Beauraing

Reconhecimento pela Igreja
Em Fevereiro de 1943, D. Charue autorizou a devoção pública a Maria, em Beauraing, mas foi apenas em 1949, depois da Segunda Guerra Mundial, que o santuário foi oficialmente reconhecido e que saíram dois documentos importantes. O primeiro tratava de duas das muitas curas que tiveram lugar em Beauraing, declarando-as milagrosas.

O segundo documento era um carta dirigida ao clero em que o bispo dizia "estamos habilitados para dizer com toda a serenidade e prudência que a Rainha do Céu apareceu às crianças de Beauraing, durante o Inverno de 1932-1933, especialmente para nos mostrar com o seu coração maternal, o apelo intenso à oração e a promessa da sua poderosa mediação pela conversão dos pecadores."



******************************
Aparições de Nossa Senhora em Beauraing


Aparições reconhecidas pela Igreja em 1949. Beauraing pronuncia-se “bôrran” e é um pequeno povoado da Bélgica. Nossa Senhora apareceu 33 vezes em Beauraing. Na maioria dessas aparições, ela não disse nada, apenas sorria para os videntes nessas aparições em frente à escola. Todas as mensagens de Nossa Senhora em Beauraing foram apenas pequenas frases, mas muito significativas. Veja como foram todas as aparições de Beauraing:


1ª aparição, 29 de novembro de 1932: Ao anoitecer deste dia, pelas 18h30min, Fernande Voisin, 15 anos e seu irmão Albert, 11, foram buscar sua irmã Gilberte, 13, na escola das Irmãs da Doutrina de Cristo. Eles estavam com as amigas Andrée Degeimbre, 14, e sua irmã Gilberte de 9 anos. Em frente esta escola, havia uma ponte e um jardim com algumas árvores. Ventava e fazia muito frio. As crianças tocaram a campainha e esperaram a irmã buscar Gilbert. Enquanto isso, Albert vê Nossa Senhora no jardim, pairando no ar perto da ponte. Ele conta para as meninas e elas pensam que é brincadeira. Como o menino não pára de olhar, elas também olham e vêem a aparição. Assustadas, as crianças batem com força na porta da escola chamando por socorro. A irmã Valérie chega para ver. As crianças lhe mostram onde está Nossa Senhora, mas a irmã não vê nada e diz que é uma besteira. Mas Gilberte Voisin chega e também vê a aparição. Todos voltam para casa preocupados e contam o ocorrido aos familiares. Eles não acreditam e dizem que é uma bobagem. As crianças ficam tristes, choram e rezam.

2ª aparição, 30 de novembro de 1932: As crianças voltaram na mesma hora à escola para buscar Gilbert e Nossa Senhora apareceu por alguns instantes sobre um espinheiro sem dizer nada, apenas sorria. Ela era uma linda moça de uns 20 anos. Tinha a pele e lábios rosados, sobrancelhas pretas. Usava um vestido branco com tons azulados e um longo véu branco na cabeça. Ela tinha as mãos postas e os olhos azuis. Raios finos e dourados saíam de sua cabeça formando uma coroa.

3ª, 4ª, 5ª e 6ª aparição, 1º de dezembro de 1932: Nossa Senhora aparece novamente acima da ponte. Desaparece e reaparece no arbusto de azevinho. Ela desaparece e reaparece de novo debaixo da árvore de espinheiro. Ela sorriu para as crianças, mas não disse nada.

7ª aparição, 2 de dezembro de 1932: As crianças perguntam: "A Senhora é a Virgem Imaculada?” Ela acena afirmativamente com a cabeça. As crianças perguntam também: "O que a Senhora quer de nós?" A Senhora responde: "Sejam sempre bons." As crianças respondem humildemente: "Sim, nós seremos sempre bons."

8ª aparição, 2 de dezembro de 1932: Mais tarde desta mesma noite, pelas nove horas, as crianças voltam. A Senhora aparece e é ela quem pergunta: "Vocês serão sempre bons?" As crianças respondem: "Sim, nós sempre seremos." A palavra que Nossa Senhora usou em francês na ocasião foi “sages”, que significa “sábios”, mas corresponde ao nosso “bons”.

9ª aparição, 4 de dezembro de 1932: Nossa Senhora aparece com as mãos cruzadas, olha para o céu ou olha para as crianças. As multidões começam a ir a Beauraing para as aparições. Os pais ficam muito preocupados. Pressionam as crianças severamente e elas choram.

10ª aparição, 4 de dezembro de 1932: As crianças pedem: "Se você é a Virgem Maria, pedimos que cure o nosso pequeno amigo, Joseph, e o tio de Andree." Mas Nossa Senhora não responde. As crianças perguntam: "Que dia a Senhora voltará?" Ela responde: "No dia da Imaculada Conceição.”Perguntam: "Devemos construir uma capela?" Ela diz: "Sim.”

11ª aparição, 5 de dezembro de 1932: As crianças pedem para a Senhora fazer um milagre à luz do dia, mas ela não responde. Perguntam quando devem voltar. Ela responde: “À noite.”

12ª aparição, 5 de dezembro de 1932: A Senhora apareceu novamente à noite com as mãos entrelaçadas e olhava para o céu. De repente, abriu os braços. É pequena, bonita e jovem. Sua voz é suave. Não segura um Terço e as crianças não vêem o cabelo dela.

13ª aparição, 6 de dezembro de 1932: Nossa Senhora segurava um Terço pela primeira vez. As crianças eram interrogadas o dia todo. Todos os que falaram com elas, acharam-nas muito simples e sinceras.

14ª aparição, 6 de dezembro de 1932: Nossa Senhora voltou apenas para dizer: "Venham no dia da Imaculada Conceição.”

15ª aparição, 7 de dezembro de 1932: A Virgem apenas olhou para o céu. As multidões continuam vindo em número cada vez maior.

16ª aparição, 8 de dezembro de 1932: Nesse dia da Imaculada Conceição, Nossa Senhora estava linda. Não disse nada, mas estava mais brilhante do que nos outros dias, segundo as crianças. Uma multidão enorme de pessoas estava presente. Nos dias seguintes, as pessoas de toda a Bélgica continuaram a vir para rezar no local e hora das aparições, mas Nossa Senhora não apareceu.

17ª aparição, 13 de dezembro de 1932: Nossa Senhora voltou a aparecer para as crianças, pressionadas o dia inteiro por interrogatórios, mas não disse nada.

18ª aparição, 14 de dezembro de 1932: Nossa Senhora apenas sorriu para seus humildes videntes e os olhava com seus belos olhos azuis, cheios de bondade. Ela não voltou nos dois dias seguintes, apesar do povo que deseja sua aparição.

19ª aparição, 17 de dezembro de 1932: As crianças perguntam: "Em nome do clero, o que podemos fazer por você?" A linda moça responde:"Uma capela.” Nossa Senhora não apareceu no dia seguinte.

20ª aparição, 19 de dezembro de 1932: As crianças contam: "Ela não tem cinto, mas reflexos azuis. Ela permaneceu em silêncio, sorrindo, olhando agora para o céu, agora para nós. Somos forçados a cair de joelhos.”

21ª aparição, 20 de dezembro de 1932: Nossa Senhora volta novamente alegre e sorridente. O povo espera alguma mensagem, mas ela não disse nada nessa noite. Ela aparece e desaparece abruptamente, como luz elétrica, na descrição infantil dos videntes.

22ª aparição, 21 de dezembro de 1932: Os videntes perguntam: "Diga-nos quem você é, diga-nos o seu nome?" Ela responde: "Eu sou a Virgem Imaculada.”

23ª aparição, 22 de dezembro de 1932: Nossa Senhora veio silenciosa. Tem as mãos entrelaçadas e abre os braços antes de desaparecer. Veio usando um Terço no braço e sorriu para todos.

24ª aparição, 23 de dezembro de 1932: As crianças perguntam: "Por que aparece aqui em Beauraing?" Ela responde: "Para que venham aqui em peregrinação.” "Se você é a Virgem Imaculada, podemos esperar algo em breve? Você vai nos dar um sinal?" Nossa Senhora não responde.

25ª aparição, 24 de dezembro de 1932: Muitas pessoas estão presentes na cidade durante todo o dia. O povo esperava alguma mensagem espetacular, mas Nossa Senhora não deu mensagem hoje e não voltou nos dois dias seguintes.

26ª aparição, 27 de dezembro de 1932: Muitas pessoas não entendem a maneira das aparições. E Nossa Senhora voltou nesse dia sem dar mensagens nem explicar suas aparições.

27ª aparição, 28 de dezembro de 1932: Nossa Senhora avisou para as crianças: "Em breve será a minha última aparição. Em breve será a última vez que eu venho."

28ª aparição, 29 de dezembro de 1932: Quando Nossa Senhora abriu os braços, no peito onde normalmente tem as mãos juntas, havia um Coração de ouro, brilhante e cercado por pequenos raios. Ela voltou com seu Coração dourado nos dias seguintes. Nossa Senhora de Beauraing é conhecida como a Virgem do Coração de ouro.

29ª aparição, 30 de dezembro de 1932: Nossa Senhora deu a pequena mensagem: “Rezem, rezem muito.”

30ª aparição, 31 de dezembro de 1932: A Senhora veio, mas não deu mensagem.

31ª aparição, 1º de janeiro de 1933: Nossa Senhora disse: “Rezem sempre.”

32ª aparição, 2 de janeiro de 1933: A Senhora avisa: "Amanhã, eu vou dizer uma coisa para cada um de vocês individualmente."

33ª e última aparição, 3 de janeiro de 1933: Nossa Senhora contou um segredo a Albert, Gilbert Degeimbre e a Gilberte Voisin. Depois diz a Gilberte: "Vou converter os pecadores." Ela disse a Andrée: “Eu sou a Mãe de Deus, a Rainha dos Céus. Rezem sempre." Ela disse a Fernande Voisin: “Você ama o meu Filho? Você me ama? Sacrifique-se por mim." Nossa Senhora abriu os braços mostrando a todos os seu Coração de ouro e se despediu dizendo: "Adeus.”

Devemos lembrar que o fato de Nossa Senhora sorrir já é uma mensagem de alegria e esperança. Quando ela não responde a alguma pergunta feita pelas crianças é porque não devemos nos preocupar com aquele assunto. E as palavras que ela disse são de grande importância e profundidade. Depois do término das aparições, os videntes sofreram muitas dificuldades. 

Moradores da cidade e o próprio sacerdote da paróquia não acreditavam. Muitos não entendiam porque Nossa Senhora falou poucas palavras e não fez nenhum sinal espetacular como em Fátima. Mas as multidões continuaram indo ao local das aparições e curas milagrosas começaram a acontecer pela intercessão de Nossa Senhora de Beauraing. 

O bispo de Namur nomeou uma comissão para investigar os fatos em 1935 e essas aparições foram reconhecidas como autênticas em 1949. Em 1954, ficou pronto o Santuário pedido por Nossa Senhora e que hoje atrai milhões de visitantes todos os anos. 

Todos os videntes se casaram e tiveram filhos. Andrée Degeimbre teve 3 filhos. Era sensível e fiel, sempre rezava o Terço com o povo às 18h30min, hora das aparições, mesmo debaixo de neve. A última vez que rezou em público foi em 29 de novembro de 1977, 45º aniversário das aparições. Ela morreu em 1978, com 60 anos. Fernande Voisin teve 5 filhos e se tornou enfermeira. Morreu de câncer em 1979, aos 62 anos. Gilberte Voisin casou-se, mas ficou viúva com os 2 filhos. Ela morreu aos 83 anos, num acidente em Beauraing no dia 3 de janeiro de 2003, no mesmo dia da aparição em que Nossa Senhora lhe disse a linda frase: “Vou converter os pecadores.” Albert Voisin se tornou professor e teve 3 filhos. Morou na Irlanda, Alemanha, Congo Belga e voltou para Beauraing onde morreu em 23 de dezembro de 2003, com 82 anos após longa enfermidade e na mesma data de uma das aparições. Gilbert Degeimbre casou-se com um italiano, tem 2 filhos e mora atualmente em Beauraing. 

A frase dita por Nossa Senhora a Fernande pode ser traduzida para o plural também, ficando: "Vocês amam o meu Filho? Vocês me amam? Sacrifiquem-se por mim!"