Pesquisar no Blog

5 de fev de 2013

5 de fevereiro - Dia da Venerável Mestra Tecla Merlo

FILME - TECLA - UMA VIDA PELO EVANGELHO - MESTRA TECLA MERLO

Irmã Tecla Merlo
Venerável
1884-1964

Cofundadora da congregação das
Irmãs Paulinas

Nascida no dia 20 de fevereiro de 1894, em Castagnito d’ Alba, Piemonte, “Mestra Tecla, filha do seu tempo, marcado pela guerra e fortes contrastes, mas também culminado de extraordinárias oportunidades de crescimento e de desenvolvimento social, de progresso técnico e de abertura no mundo eclesial, foi uma mulher de grande personalidade: humilde, corajosa, tenaz ao perseguir com espírito profético as metas indicadas pelo Fundador. Os seus segredos? Dois: humildade e fé”.
(Ir. Maria Antonieta Bruscato, Superiora Geral das Filhas de São Paulo)

A idéia da mulher como líder na ação da Igreja começou a tomar vulto e foi se estruturando até chegar a ser uma Congregação religiosa: Irmãs Paulinas. 

Desde o início, Tiago Alberione percebeu qua a mulher deveria estar na linha de frente nesta cruzada pelo Reino de Deus, e esse seu pensamento logo se transformou em ação. Foi assim que a idéia da mulher como líder na ação da Igreja começou a tomar vulto e foi se estruturando até chegar a ser uma congregação religiosa: a Pia Sociedade Filhas de São Paulo, mais conhecida como Irmãs Paulinas. 


A Congregação dos Padres Paulinos - primeira congregação fundada pelo Padre Tiago Alberione - já estava dando os seus primeiros passos. Agora, era necessário encontrar uma jovem para iniciar o ramo feminino. Deus, que estava por trás de tudo, não tardou em possibilitar o encontro de Alberione com a jovem Tecla Merlo. 

Desde o início, Teresa sentiu a força de Deus e, na pobreza absoluta, apenas com a bagagem da fé, da confiança e da humildade, ela começou, orientada por Alberione, a Congregação que veria florescer no mundo inteiro, a Congregação das Irmãs Paulinas, as mensageiras de Deus, ou andarilhas de Deus, como o fundador gostava de chamá-las. 


UM IDEAL: Viver como São Paulo, o apóstolo das nações: com espírito universal, na caridade que se faz "tudo para todos". 

UMA PAIXÃO: Revelar a todos o Senhor Jesus, Caminho, Verdade e Vida. 

UMA INTUIÇÃO: Trabalhar na evangelização com os meios modernos de comunicação: imprensa, cinema, rádio, televisão, discos, cassetes, vídeo, CR-ROM, internet... 


UM PROGRAMA DE VIDA: A caridade da verdade. 

Teresa Merlo nasceu a 20 de fevereiro de 1894, em Castagnito d'Alba, ao norte da Itália. Única mulher entre os quatro filhos do casal Heitor e Vincenza Rolando Merlo. De saúde frágil, dedicou-se, desde adolescente, à arte da costura, num pequeno atelier da família. Sua sensibilidade religiosa chamou a atenção de Padre Tiago Alberione, que a convidou para coordenar um grupo de jovens que se preparavam para trabalhar com a imprensa. Era o dia 15 de junho de 1915. 

Teresa intuiu logo que a proposta de Padre Alberione correspondia aos seus anseios de consagrar-se a Deus. Aceitou o convite, trocando o atelier de costura pela tipografia. 
De fato, em 1918, Teresa com algumas de suas companheiras, foi enviada pelo Fundador a Susa onde o bispo lhes confiou a produção e divulgação do jornal diocesano LA VALSUSA. Esse momento marcou uma etapa significativa na vida de Teresa, que passará a considerar a experiência de Susa como o início da missão das Filhas de São Paulo. 

Apoiada na fé, mais do que em recursos materiais, Irmã Tecla assumiu sem medo os meios modernos de comunicação, e contando apenas com a força de Deus, encorajou, no mundo inteiro, iniciativas até então inexplora. 


PENSAMENTOS DE TECLA 
Se não podemos estar sempre alegres, 
podemos sempre estar em paz. 

Podemos ser sempre jovens e trabalhar com coragem. 
Basta ter força de vontade. Procuremos ser sempre jovens. 

Não nos deixemos abater pelas dificuldades. 

Queria ter mil vidas para dedicá-las ao Evangelho. 

Quando o coração estiver cheio do amor de Deus, esse amor 
necessariamente se derramará sobre o mundo. 

Emprestemos os pés ao Evangelho: que ele corra e se espalhe. 

Precisa-se de apóstolos, mas verdadeiros apóstolos que tenham o coração cheio de amor de Deus. 

ORAÇÃO À SANTÍSSIMA TRINDADE 
por Tecla Merlo 

Trindade Santíssima, Pai, Filho e Espírito Santo, 
nós vos agradecemos pelos dons singulares de luz, 
de graça e de virtude que concedestes 
à Irmã Tecla Merlo, e por tê-la escolhido 
e constituído como mãe prudente e guia seguro 
das Filhas de São Paulo. 
Concedei-nos, por sua intercessão, 
a graça de viver amando o que ele amava: 
Jesus Mestre Eucaristia, a Igreja, o Evangelho, 
as pessoas procuradas e ajudadas mediante 
a comunicação social, até ao completo sacrifício. 
Senhor, realizai também aqui na terra, 
para esta filha devotíssima de São Paulo, 
a vossa divina promessa: 
«Aquele que me serve, meu Pai o glorificará.» 
Exaltai esta serva fiel, para a alegria da Igreja, 
para o bem de muitos, 
e concedei-nos, por sua intercessão, 
o que nós vos pedimos. 
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espiríto Santo, 
como era no princípio, agora e sempre. 
Amém.

************************

Aos 22 de janeiro de 1991 o Papa João Paulo II assinava o decreto em que reconhecia na vida de Ir. Tecla Merlo Merlo, co- fundadora das Irmãs Paulinas, a vivência autêntica e heróica das “virtudes evangélicas”, proclamando-a venerável.

Ela foi discípula autêntica de Jesus em todos os dias de sua vida. Com apenas 20 anos deixou sua família para servir ao Senhor numa obra que existia apenas no pensamento de Deus e no coração do jovem sacerdote Tiago Alberione. Com plena confiança no Senhor e em Pe. Alberione, ela se fez apóstola da comunicação colaborando em tudo para a fundação e continuidade da congregação das Irmãs Paulinas. E por isso ela ofereceu a vida:

“Com o coração humilhado e contrito vos peço, Divinas Pessoas da Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo que aceiteis a oferta da minha vida por toda a congregação das Filhas de São Paulo, para que todas se tornem santas.

Tudo é vosso, também esta mísera vida. Mas que tudo seja segundo a vossa maior glória, ó Trindade Santíssima, e para cumprir vossa santíssima vontade.

Tudo coloco nas mãos da Santíssima Virgem, pois, também tu, ó Maria, fazes parte da Trindade Santíssima, como Mãe do Filho e Esposa do Espírito Santo.
São Paulo, dá a todas o teu amor a Deus e o zelo pelas almas. Assim seja, agora e sempre.”


(Oferta feita no dia 28 de maio de 1961, festa da Santíssima Trindade)


Pe. Tiago Alberione testemunha de Ir. Tecla:

“Fui testemunha da sua vida desde 1915 até o seu término, em 5 de fevereiro de 1964. A Primeira Mestra estava em contínua subida para Deus.


Os seus segredos? Dois segredos na sua vida, que são os segredos dos santos e dos apóstolos: a humildade e a fé.
Humildade, que leva à docilidade. Muitas vezes aquilo que se lhe apresentava era nebuloso, arriscado, não apreciado. Mas a virtude superava as dificuldades. Fé que leva à oração. Todos conhecem o espírito de oração do qual ela extraiu aquela sabedoria de governo conhecida por todos.
Era fraca quanto à saúde, mas forte quanto ao espírito. Tenaz e obediente até ao sacrifício.”

Agradecemos o Dom de Deus em Ir. Tecla e seu testemunho de santidade deixado entre nós.
Do céu ela continua a interceder e conduzir a congregação das Irmãs Paulinas em sua missão no mundo da comunicação. 
Pedimos a ela também que olhe por todas as jovens que sentem o chamado de Deus, para que tenham coragem de responder.