Pesquisar no Blog

9 de mar de 2013

09 de março - Dia de Santa Catarina de Bolonha


Jacareí, 02 de novembro de 2009 - Mensagem de Santa Catarina de Bolonha

“- Marcos predileto, Eu Sou Catarina de Bolonha!... Sou Catarina, que tu bem conheces e que bem sabes quanto amor tive Eu por Nosso Senhor, pela Virgem Santíssima sobre a Terra, e também quanta caridade e piedade tive pelas Santas Almas do Purgatório... 

Hoje, quando vós comemorais o dia de todos aqueles que foram fiéis ao Senhor e já partiram para a eternidade, convido-vos também a vos lembrardes daquelas almas que foram fiéis ao Senhor, que O amaram com o amor abrasador, que O serviram, que amaram a Virgem Santíssima com todas as suas forças; mas ainda estão em via de purificação no Purgatório... Por causa de pequenas faltazinhas, de pequenas culpas veniais, estão purificando-se naquele fogo; que é tão terrível e devorador quanto o do inferno, mas, que é limitado e que tem o tempo de ser apagado para aquelas Almas Santas. 

Mas, enquanto estão lá, quanto sofrem!... Quanto gemem!... Quanto aspiram estar com Deus e com a Virgem Santíssima, com os Anjos e Conosco, os Santos Bem-Aventurados na Glória Eterna! Eles nos vêem, ouvem os Cânticos da Glória que entoamos no Paraíso. Já pressentem para si os gozos eternos da felicidade e da plena posse de Deus, da participação na sua felicidade infinita. E por causa disso, são consumidas por dores atrozes, por arrependimentos atrozes por não terem sido estritamente perfeitas como os Mandamentos da Lei de Deus exigiam que elas tivessem sido. Como as obrigações de seu estado de vida na Terra, exigia que tivessem sido... Como a Graça de Deus e o número de favores e luzes celestes que receberam em sua vida na Terra exigiam que eles correspondessem. Com o amor, com uma dedicação, com uma servidão perfeitíssima e sem mácula alguma de amor próprio, relaxamento ou mesmo imperfeição... 

Aquelas almas esperam vossas orações para que possam sair daquela triste prisão e possam alcançar a eterna bem-aventurança no Céu! 

R E Z A I P O R E L A S ! 

E estareis fazendo a maior obra de caridade que se pode fazer ao próximo, pois se tirar uma pessoa terrena, das chamas que a queimam é ato louvável de grande caridade e de heroísmo, muito maior é ainda tirar aquelas Santas Almas: boas, santas, perfeitas; que amaram ao SENHOR com todas as suas forças e foram muito dignas de serem ajudadas e amadas, daquelas chamas terríveis que as consomem... 

Fazei isto e estareis fazendo ato de grande merecimento diante do Senhor e sereis recompensados por Ele, com Divinas Bênçãos que vos conduzirão seguramente à felicidade do Céu, sem precisardes vós, passar por aquelas chamas terríveis, que consomem as Santas Almas do Purgatório... 

CONVIDO-VOS TAMBÉM A PENSARDES NA ETERNIDADE... 

ESTULTICE..., é viver como se sempre houvesse amanhã!... 

ESTULTICE..., é viver como se o homem pudesse voltar a esta Terra uma segunda vez, para ter uma segunda vida, para ter uma segunda chance de reparar o mal que fez e o bem que não fez!... 

O HOMEM PASSA POR ESTA TERRA SOMENTE UMA VEZ... 

E se ele não aprender a amar o Senhor enquanto for viador neste Mundo... no outro, não poderá mais fazê-lo. E por isso será precipitado nas chamas eternas do inferno, porque terá findo o tempo da Misericórdia e da Graça para ele... 

Igualmente triste e grande estultice, é passar a vida toda amando apenas as criaturas e não procurando amar a Deus. Ou então, contentar-se de amá-Lo pouco, porque estas almas que poderiam ser verdadeiras 'águias' voando bem alto no Céu do Amor de Deus, preferem no entanto serem como que pequenas galinhas, pequenas gazelas, que só caminham na terra e ciscam na terra! 

Oh Meus amados irmãos! Não fostes chamados para amar pouco a Deus!... 
Fostes chamados para amar muito a Deus! Para O amar com todas as forças do vosso coração..., de todo o vosso ser... 

Sois chamados a amar a Deus, como ninguém jamais O amou! 

Sois chamados a amar a Virgem Santíssima, como ninguém nunca A amou até agora! 

Sois chamados..., a verdadeiramente desaparecerdes, como uma gota de água que seca quando cai no deserto! 

Para que assim, a vossa alma, possa subir até as maiores alturas da Graça e possa então viver perfeitamente no Céu do Amor de Deus... 

Vós deveis desaparecer completamente, para que o Amor de Deus apareça em vós! 
Vós deveis esvaziar-vos completamente para que o Amor de Deus, possa encher as vossas almas até transbordar, para que outras almas vendo o Amor de Deus em vós, também conheçam, possam beber dEle e possam também saciar sua sede: de Verdade, de Amor Divino, de Santidade, de Graça e Paz!... 

Vós sois chamados a seguirdes pela mesma estrada, pela qual Eu segui: 

- O caminho do Amor; 

- O caminho das virtudes; 

- O caminho do perfeito abandono e entrega confiante nas Mãos de Deus! 

Tal como Eu amei o Senhor com todas as Minhas forças, a ponto de mesmo Ele transpassar o Meu Coração com a Lança do Seu Ardente e Divino Amor..., vós também sois chamados a terdes este Amor, que vos faz morrer a todo o momento para vós mesmos e servirdes com generosidade a Esse Senhor, que vos amou com Amor de predileção! Pois se tal não fosse, não estaríeis aqui. Pois aqui, são chamados a vir apenas aqueles sobre os quais, Deus tem Planos especiais de salvação, que Ele reserva para o conhecimento único dEle mesmo, mas que são Planos e Desígnios que irão render-Lhe muita Glória e também a salvação de muitas almas... 
O Reino de Deus já está entre vós! Ele está Aqui... É vos oferecido Nestas Aparições todos os dias! Vós só deveis aceitá-Lo, levá-Lo para a vossa vida... Buscá-Lo antes que todas as coisas!...Buscá-Lo em primeiro lugar! E todas as coisas vos serão dadas, ou seja, todas as Graças necessárias para a vossa santificação e aperfeiçoamento espiritual, vos serão dadas em acréscimo. 

Eu estou convosco! E prometo guiar-vos, ajudar-vos no caminho deste aperfeiçoamento espiritual... 

Confiai em Mim! Rezai-Me! Pois Eu estou atenta, sempre a voz das vossas orações... 

Amemos o nosso Amado! 

Procuremos o nosso Amado! 

Que o nosso único deleite, seja estar nos Braços de nosso Esposo, de nosso Amado Jesus, o Amor de nossas almas! 

E nunca saiamos de Seus Braços Amorosíssimos, por nada, por nenhum chamamento mentiroso e enganador do demônio e do mundo, que nos queira fazer sair de Jesus! 

Permaneçamos em Jesus sempre! E Jesus sempre permanecerá em nós! 

Permaneçamos na Virgem Maria sempre! E Ela sempre permanecerá em nós! 

Permaneçamos no Espírito Santo sempre! E Ele sempre permanecerá em nós! 

Vós que ainda estais no estado de via andantes neste mundo, permaneceis sempre no Amor de Deus e Ele sempre permanecerá em vós! 

Eu estou convosco! Sou a favor de vossa Salvação e quero trabalhar, para consegui-La para todos vós... 

A todos abençôo, abundantemente neste momento...”



*********************************************

SANTA CATARINA DE BOLONHA (1413-1463)




Santa Catarina Bolonha é também conhecida como Catarina de Virgi ou Vigni. 



Nasceu em 8 de setembro de 1413 em Bolonha, Itália, sendo ela filha de um diplomata a serviço do marquês de Ferrara. Diz a tradição que seu pai recebera em visões o anúncio do nascimento da filha. Quando completou 11 anos de idade, foi escolhida para ser a dama de companhia da recém casada filha do marquês, compartilhando com ela o seu aprimoramento educacional. Isso durou até completar 14 anos, idade em que decidiu abandonar a corte para abraçar a vida religiosa. 


Ingressou na Ordem Franciscana como Irmã das Clarissas Pobres, onde obteve sucessivos progressos espirituais e admiração por ser fiel cumpridora dos preceitos de Deus e da Igreja. Por sua conduta exemplaríssima tornou-se uma das grandes santas da Idade Média. Através da intercessão do Papa Nicolau V foi erigida uma clausura no convento das Clarissas em Ferrara, onde Catarina foi eleita Madre Superiora. Gozava de grande reputação pela vida austera e piedosa, não só diante da comunidade, mas do próprio Papa Nicolau V. Foi também responsável pelo estabelecimento de um convento de Clarissas Pobres em 1456, na cidade de Bolonha, onde assumiu o cargo de Abadessa. Mística, profetisa e visionária, glorificava a Deus operando grandes milagres em Seu nome. Também era pintora e decifrava manuscritos como que iluminada por um anjo. 



Quadro pintado por Santa Catarina
Santa Catarina pintando
Conta-se que num dia de Natal recebeu uma visão de Jesus nos braços de Maria. Desta visão que teve, Catarina pintou em um quadro que se encontra atualmente no Museu do Vaticano. Faleceu em 9 de março de 1463 em Bolonha, Itália e foi enterrada sem caixão e não foi embalsamada. Após dezoito dias depois, decidiram exumar seu corpo devido a inúmeros milagres que ocorriam junto de sua tumba, bem como pelo odor de perfume que exalava constantemente de seu túmulo, ocasião em que seu corpo foi encontrado incorrupto. Diante disso foi chamado o doutor Maestro Giovanni Marcanova, que examinou o corpo e não pode explicar o fato. Assim, decidiram vestir seu corpo com novo hábito e o colocaram em uma cadeira, sentado, junto a uma capela especial, mantendo-se incorrupto até hoje, portanto, por mais de 540 anos. 


Nas últimas décadas, foram e ainda são realizadas a cada dois anos, radiografias da coluna vertebral e as análises até o momento comprovam que não houve deterioração ou desvio da coluna, que se mantém perfeitamente ereta como a de uma pessoa adulta, sustentando o corpo e a cabeça. O que se observa apenas é a mudança da coloração da pele, que hoje apresenta-se na cor marrom. A arte litúrgica a apresenta como uma Clarissa pobre carregando o Menino Jesus ou em um trono com um livro em uma das mãos e na outra uma cruz, aludindo a imagem que se vê em seu corpo incorrupto. Escreveu um livro intitulado: “Tratado em armas espirituais” e “Revelações”. 



Foi canonizada em 22 de maio de 1712 pelo Papa Clemente XI.

 É padroeira da Academia de Arte de Bolonha, dos pintores e das artes liberais. 


TERÇO DAS ALMAS
Breve Histórico e Origem
***

Não se sabe ao certo a quem foi revelado este Terço, embora muitos o atribuam a Santa Catarina de Bolonha, que era uma grande devota das ALMAS DO PURGATÓRIO.

Contudo, sua eficácia em aliviar as almas do purgatório é muito grande, e Nossa Senhora, em JACAREÍ, pediu que todos o rezassem diariamente, para ajudar a libertar o maior número de almas possível das chamas do PURGATÓRIO, e muitas vezes mostrou ao vidente Marcos Tadeu uma multidão de almas subindo ao Céu, depois de ele o haver rezado.

Nas contas grandes:

Meu Jesus Misericordioso, meu DEUS, creio em vós, porque sois a mesma VERDADE, espero em VÓS, porque soia infinitamente BOM e AMÁVEL!...

Nas contas pequenas:

Doce Coração de maria, sede a nossa salvação!...

Nas 3 últimas contas:

Meu Bom JESUS, não me deixeis morrer sem os últimos Sacramentos...


Oração final:

Eterno pai, eu VOS ofereço o Preciosíssimo SANGUE, as Santas Chagas, e todos os Méritos da Paixão e Morte de Jesus, e as Lágrimas e as Dores de nossa Querida Mãe Santíssima, pedindo-VOS alívio e libertação para as almas do Purgatório...
Nossa Senhora do Carmo, rogai por elas!...
São José, rogai por elas!...
E vós, almas santas e benditas, ide perante DEUS apresentar a minha súplica... 
AMÉM

***


SALVE RAINHA PELAS ALMAS

Salve rainha, Mãe de misericórdia, VIDA, Doçura, Esperança nossa, não só neste vale de lágrimas, mas ainda no lugar da nossa expiação, SALVE!
A vós clamamos, Consoladora dos aflitos, a Vós suspiramos, gemendo e chorando por nossos irmãos que sofrem no purgatório.
Esses Vossos Olhos Misericordiosos volvei a eles, Advogada nossa, e mostrai-lhes JESUS, bendito fruto do Vosso Ventre.
Isto Vos rogamos encarecidamente, ó Clemente, ó Piedosa, Ó Doce Sempre Virgem Maria!
Intercedei pelos mortos, Santa Mãe de DEUS,
Para que entrem no gozo das promessas de Cristo! Amém.

Obs: No mês de novembro, que é dedicado às almas, pode-se rezar estas orações diariamente com 5 Pai-Nossos e 5 Ave-Marias em honra de Nossa Senhora das Dores e terminar com a seguinte oração:

Ó Bom e Dulcíssimo Jesus, prostrado aos Vossos Pés, eu VOS peço e VOS rogo, com todo o fervor da minha alma, de imprimir no meu coração os mais vivos sentimentos de Fé, Esperança e Caridade, um verdadeiro arrependimento dos meus pecados e o firme propósito de emendar-me; enquanto considero e contemplo em espírito, com grande dor as Vossas CINCO CHAGAS, tendo diante dos olhos estas palavras que o profeta Davi já punha em Vossa Boca, ó Bom Jesus: "Eles transpassaram as Minhas Mãos e os Meus Pés, e contaram os Meus Ossos!"