Pesquisar no Blog

AS APARIÇÕES DE JACAREÍ-SP-BRASIL SAIBA MAIS! @Marcostaddeu Informe-se pelo TEL: (0XX12) 9 9701-2427 e-mail: santuariodejacarei@gmail.com BLOG OFICIAL

23 de mar de 2013

24 de março - Dia de Santa Catarina da Suécia


Jacareí, 08 de dezembro de 2009
Mensagem de Nossa Senhora, de São Juliano e de Santa Catarina da Suécia comunicadas ao vidente Marcos Tadeu 

DIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA SANTÍSSIMA - HORA DA GRAÇA UNIVERSAL NO SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES

Mensagem de Maria Santíssima

"-Meus filhos muito amados! O Meu Amantíssimo Coração... Sim! Amantíssimo, porque o Meu Coração está ardendo, abrasado, queimando de amor por todos vós. Na Minha Festa vos abençôo agora com toda a profusão das Graças, do privilégio da Minha Imaculada Conceição...

EU SOU A IMACULADA CONCEIÇÃO!...

Com estas palavras, revelei o Meu nome à Minha filhinha Bernadete, em Lourdes e também identifiquei-Me a tantos e tantos videntes Meus, inclusive a este Meu filhinho Marcos tantas vezes, para chamar-vos à perfeita e verdadeira santidade que agrada a DEUS!

Sou toda Bela! Toda refulgente de Sol! Sou toda Brilhante! Sou toda... toda Pura!

A esta imensa pureza interior, semelhante à Minha, vós sois chamados também hoje por DEUS através de Mim. Pois a Minha pureza Imaculada, era a perfeita imagem da pureza de DEUS, daquela pureza interior com a qual DEUS criou Adão e Eva no principio. E que eles nunca teriam perdido, se não tivessem desobedecido a DEUS, se não tivessem dado mais crédito à serpente do que a DEUS, e se não tivessem sido tão rebeldes ao mandato do Senhor e não tivessem cometido a primeira falta, a primeira culpa original.

A Minha pureza Imaculada, que hoje brilha e resplandece para todos vós, é o perfeito estado, é o grau de perfeição máximo, ao qual, uma criatura pode chegar para poder então ser a perfeita imagem e semelhança do seu Criador!

A este estado de pureza, tanto quanto for possível na Graça de DEUS e tanto quanto for possível a Mim levar-vos, quero Eu, conduzir-vos, fazer-vos chegar para serdes a perfeita imagem e semelhança da própria pureza do Senhor...

A este estado de pureza interior, vos tenho chamado durante todos estes anos, através de Minhas Mensagens, convidando-vos:

através da oração, do sacrifício, da renúncia a vós mesmos, ao mundo, do desprezo à vossa vontade, da mortificação interior do vosso próprio ‘eu’ corrompido... levar-vos a esta perfeita pureza interior, que só pode possuir quem já morreu para tudo aquilo que é sensível e já nasceu para tudo aquilo que é eterno e celestial!

Desta forma Meus filhos, somente desta forma; vós podereis chegar à pureza imaculada, clara, resplandecente e refulgente; a qual Eu vos tenho convidado e que DEUS espera de vós.

Sou a Mulher vestida de Sol... Sou a Mulher bela e branca como a Lua... Sou a Mulher brilhante como as estrelas... Sou a Mulher terrível como um exército em ordem de batalha... Que vos convida a cada dia mais nutrirdes dentro de vós, cultivardes e fazerdes crescer esta pureza interior do amor... para que sobre às Minhas ordens, vós possais combater o exército do Meu inimigo... que é exército de impureza, que é exército de pecado, de maldade, de sujeira espiritual e de lama fétida, de podridão eterna... que provém do pecado, do amor a este mundo mal e corrompido, do amor àquilo que é contrário à vontade do Senhor!

Se vós possuirdes esta pureza, esta inocência interior do coração, vós sereis os Meus verdadeiros soldados: dóceis, prontos, obedientes sempre às Minhas ordens e que farão tudo o quanto Eu vos ordenar sem demora, sem tardança, sem deficiência, nem falha. E assim, poderei, poderosamente agir em vós e através de vós, para produzir e instaurar no mundo o maior Triunfo do Meu Coração Imaculado.

Aqui... onde tanto amor, tanta graça vos dei... tanto mais amor, tanto mais obediência e correspondência de vós espero!

Sou a vossa Mãe Imaculada! Deveis seguir atrás de Mim, seguindo o perfume, o rastro celestial que Eu deixo para vós... para que cada dia, caminheis atrás de Mim: pelo caminho da Oração, da santidade, do amor, da verdade, da fidelidade a DEUS. E assim possais deixar de uma vez por todas os caminhos do pecado, do erro, do engano, da ilusão, da morte eterna!

Assim Meus filhos, poderei levar-vos seguramente até o vosso pai celestial, que vos chama e vos espera a todos com Amor e Misericórdia ilimitados...

A todos, neste momento abençôo... Àqueles que rezam as Minhas orações que aqui vos dei todos os dias, que são Meus verdadeiros escravos de amor, que divulgam as Minhas Mensagens e seguem-Me pelo caminho da santidade... dou hoje a Minha Bênção Especial e Materna; fruto do grande amor do Senhor de todos por Mim e também do amor do Meu Coração Imaculado por Ele...

A todos agora... abençôo com Amor!..."

Mensagem de São Juliano

“-Amados irmãos Meus! Eu, JULIANO, servo do Senhor e de Maria Santíssima vos abençôo agora, com todo o Meu coração...

Eu... amei o Senhor com todas as Minhas forças! O Senhor foi o Meu único e grande amor... E outro desejo Eu não tenho, senão de que vós ameis o Senhor e a Sua Mãe também, com todas as forças do vosso coração.

O amor do Senhor é doce, deixa-se encontrar por todo aquele que O procura... não está longe... Não está num reino distante... não está em outro mundo, nem suspenso sobre as nuvens do Céu... Está tão perto de vós! Está tão ao vosso alcance, que todo aquele que O quiser encontrar, poderá fazê-lo sem dificuldade.

Ele está dentro do vosso coração... É no interior do vosso coração, que DEUS colocou o Seu Amor para ser encontrado por vós! É no vosso coração que Ele quer ser encontrado por vós e que Ele quer reinar em vós.

Quantas são as almas que passam a vida toda procurando a felicidade em vão, sem atentar que a felicidade está dentro delas mesmas... está em seu coração, está no amor de DEUS, que reside no coração de cada um de nós. Ali, nesse jardim selado... ali, neste doce aposento das vossas almas, DEUS quer ser encontrado por vós; através da vida de oração profunda, de intimidade profunda com Ele... através de uma vida de perfeita consonância, de perfeita sintonia espiritual com Ele...

Quando vós morrerdes para vós mesmos, quando extirpardes de dentro do vosso coração totalmente; o amor a vós mesmos, o amor desordenado a vós, o amor desordenado às criaturas... Então, vós podereis encontrar o Senhor, pois então haverá espaço para que Ele se aproxime de vós, se dê a conhecer a vós, se deixe encontrar por vós...

Entrai... mergulhai no âmago do vosso coração, por meio de uma vida de intensa oração, intimidade, meditação, convivência com o Senhor. E então ali O encontrareis cheio de bondade e de misericórdia para vós, para cumular-vos: com a Sua misericórdia, com o conhecimento de Sua infinita bondade, com as doçuras de Sua benevolência, com as graças de Seu perdão, de Sua paz e de Sua salvação!

Eu quero levar-vos a uma profunda vida interior!

Aquele que Me pedir e que se deixar conduzir e formar por Mim, neste tipo de vida, Eu o levarei a uma intimidade tão grande com DEUS, que nada... nada poderá fazer a alma sair do mar do amor de DEUS em que estará mergulhada, da chama viva de amor na qual estará abrasada, no Céu de graça, de paz e santidade na qual estará elevada...

Eu, tomo vossas mãos agora, e quero sinceramente conduzir-vos a esta grande santidade.

Sede dóceis a Minha ação e Eu vos conduzirei!

A todos, neste momento, abençôo com amor..."





Mensagem de Santa Catarina da Suécia 

“- Amados irmãos Meus... Quanto Eu vos amo... Não posso descrever!
Eu Catarina, Sou vossa irmã. Há muito tempo tenho rezado por vós. E também por vós tenho sofrido; porque vejo quanto tendes sido rebeldes ao ensinamento, a direção e a condução que a Mãe de Deus aqui tem dado para a vossa santificação e salvação nestas Aparições.
Como transpassa o Meu coração ver que muitos de vós conscientemente desobedeceis as Mensagens dEla... Não meditais as Mensagens que os Sagrados Corações vos dão Aqui... Não vos debruçais com amor para procurar compreender o ensinamento de santidade que Ela Aqui vos dá.
Como... para mim, é duro ver que muitos de vós sois insensíveis, indiferentes e que não tendes nem sede nem amor deste pão saboroso de santidade e salvação que Deus Aqui vos dá que é: As Mensagens que neste Lugar vos são dadas.
Como é doloroso para o Meu coração, ver que muitos de vós já chegastes a um nível de indiferença, de insensibilidade e frieza atroz para com tudo o que é do Céu a ponto de já nenhuma palavra mais das Mensagens fazer vibrar as fibras dos vossos corações... Fazer arder as vossas almas. Fazer realmente a vossa alma rejubilar em Deus!
Perdestes o primeiro amor! Perdestes o verdadeiro amor! Habituastes-vos com a Graça de Deus!
Tomastes a Graça de Deus que Aqui vos é dada nestas Aparições como uma coisa comum... Como uma coisa sem valor... Como uma coisa habitual... corriqueira. E por causa disso, as Mensagens, já não vos atraem mais.
Que dor ver que tantos que aqui estão..., tantos corações, estão reduzidos a um deserto seco. Deixaram ressecar o coração porque não cuidaram da Palavra de Deus que Aqui vos é dada diretamente do Céu.
Não cuidaram da semente do amor de Deus que foi depositada no vosso coração.
Vós mesmos deixastes as muralhas da cidade, ou seja, das vossas almas, indefesas contra o vosso inimigo que não dorme, que não descansa um só instante e não deixa um só momento de trabalhar pela vossa queda, pela vossa perdição!
Amados Meus, voltai ao primeiro amor!
Voltai aquele amor que sentistes quando as Mensagens vos transpassaram a primeira vez!
Deixai esta lança do Divino Amor transpassar-vos novamente. Ela pode fazer isso de novo. Ela está diante dos vossos corações apenas esperando um sim, uma pequena abertura para que então ela vos transpasse de lado a lado e faça as vossas almas novamente arderem no fogo do amor místico do Senhor, arderem na fornalha ardentíssima dos Sacratíssimos Corações Unidos. E então, tudo em vós ressuscitará! A Alegria, a felicidade, o sentido da vida, o sentido da oração, o sentido do serviço a Deus e a Maria Santíssima, o sentido da luta pela salvação do mundo e pelo Triunfo dos Sacratíssimos Corações nas almas, tudo ressuscitará! A Paz..., o Amor..., A Esperança..., a Fé!
Sim! Tudo ressuscitará e reviverá nas vossas almas se voltardes para o verdadeiro amor. Então Meus amados irmãos, abri o coração para o primeiro amor de Deus em vós para que assim Ele possa de novo fazer as vossas almas arderem como verdadeiras fogueiras que depois quando tiverem consumido completamente as vossas almas, se alastrarão para as outras e também as farão arder e assim, todo o mundo se tornará uma fornalha só de vivo amor pelo Senhor e pela Mãe de Deus.
Se por um lado me entristecem aqueles que perderam o primeiro amor, por outro como me alegram aquelas almas que durante todos estes anos matem viva a chama do verdadeiro amor em si mesmas.

Quantas almas que aqui foram transpassadas por este amor e abrasadas por este amor, permanecem ainda hoje ardendo, queimando noite e dia como fornalhas ardentíssimas de amor por Deus e por Maria Santíssima. Nada negam a Eles! Amam o Senhor e a Sua Mãe mais do que a si mesmas. Já morreram completamente para si mesmas, para o mundo, para tudo aquilo que é sensível e passageiro e vivem exclusivamente para tudo aquilo que é imortal, que é eterno, que é celestial, que é Divino.
Essas almas, embora tenham ainda de peregrinar neste mundo, vivem imersas em Deus. Movem-se em Deus.
São em Deus. Vivem em Deus!
Estão tão mergulhadas no mar do amor de Deus que tiram deste mar tudo quanto necessitam para sua alma. São plenamente felizes. Alcançaram a plenitude do amor, da paz, da graça e por isso vivem a cada dia, mais tranqüilas, mais serenas e mais unidas com Deus e com Maria Santíssima do que a criancinha no ventre de sua Mãe.
Essas almas assim tão unidas a Deus e a Maria Santíssima e tão abrasadas de amor por Eles, tão unidas com os laços místicos do amor a Eles são todo o seu consolo, são toda a sua alegria, são todo o seu contentamento.
Quantas e quantas vezes o Senhor desiste de castigar o mundo por causa do amor destas almas. Quantas e quantas vezes a Virgem Maria desgostosa, deveria ter abandonado o mundo a mercê dos castigos e dos demônios mas não o fez por causa do amor que estas almas nutrem por Ela, tem por Ela e com a qual consolam a Sua imensa tristeza....
Estas almas são pára-raios da ira de Deus. Estas almas são escudos que protegem as regiões onde elas mesmas vivem dos castigos e dos demônios. Elas são um ‘terror’... são a derrota e o fracasso dos planos do inferno e são o triunfo dos planos do Senhor.
Eu cuido dessas almas com renovado amor e zelo e convido todos que me ouvem agora a serem também do número dessas almas benditas seguindo pelo caminho do amor, pelo caminho da mortificação interior, do desprezo de si mesmo e do mundo, pelo caminho da total doação de si mesmos a Deus.
Eu ajudarei a alma que se entregar totalmente a mim a chegar a esta perfeita união com o Senhor e a Sua Mãe.
Esta união será fácil para a alma que tiver a verdadeira devoção a Nós porque a verdadeira devoção a Nós é como uma ponte, como um ascensor que faz com que a alma chegue em pouco tempo e sem grande esforço a esta grande união de alma e de coração com o Senhor.
Ao invés da alma subir sozinha a montanha da perfeição, nós mesmos os Santos de Deus, lhes jogamos este cesto que é a verdadeira devoção a nós na qual ela entra e nós então a puxamos e a fazemos subir em pouco tempo até as maiores alturas da santidade e da vida de perfeição.
Eu amo a todos vós e prometo levar-vos todos a Deus no Céu se vós docilmente vos entregardes a Mim.
Rezai! Rezai mais aos Santos. Invocai-Nos mais! Continuai com todas as orações que aqui vos foram dadas e vós chegareis segura e certamente até o Céu.

Nós estamos convosco mesmo que não Nos vejais... Mesmo que não Nos sintais... Mais do que os vossos irmãos terrenos vos amam e se preocupam convosco, Nós nos preocupamos convosco! Nós estamos ao vosso lado e verdadeiramente vos amamos muito mais, com um amor muito maior do que aquele com que todos os pais e mães amam seus filhos no mundo todo.
A Alma que se abrir ao Nosso Amor, Nós O daremos abundantemente!
Marcos, Amado! Tu escolheste o Céu que previamente já havia te escolhido. E por isso, porque escolheste o Céu que te escolheu és para o Céu e o Céu é para ti.
Amaste o Céu, Deus e a Mãe de Deus mais do que a ti mesmo e por isso o Senhor, Sua Mãe e o Céu são contigo.
Não nos cansaremos de repetir-te isto: Alegra-te bem amado do Senhor! Alegra-te preferido da Virgem Maria!
Alegra-te alvo dos amores e das graças de Deus e de Sua Mãe! Alegra-te amado dos Anjos. Alegra-te preferido dos Santos! Alegra-te Benjamin bem amado bem querido do Céu.
Alegra-te sempre e diz a todos os que vem Aqui que se alegrem também pois o Céu os amou primeiro. O Céu Aqui os chamou, Aqui os trouxe. O Céu aqui os nutre, os alimenta, os mantém, os conserva e os conduz em seu amor e a quem tem o Céu por si nada falta. Nada..., nada mais lhe falta!
A todos agora com a Virgem Santíssima e Juliano, abençôo generosamente...”

*******************************

Santa Catarina da Suécia
1331-1381

Catarina foi ao mesmo tempo filha, discípula e companheira inseparável da mãe, Santa Brígida, a maior expressão religiosa feminina da história da Suécia. Nascida num berço nobre e cristão, Catarina nasceu em 1331 e recebeu educação e cultura com sólida base religiosa. Aos sete anos de idade, foi entregue às Irmãs do convento de Risberg, que souberam desenvolver totalmente sua vocação, cristalizando os ensinamentos cristãos que já vinha recebendo desde o berço.

Mas, circunstâncias políticas e sociais fizeram com que a jovem tivesse que se casar com um nobre da corte, Edgar, que além de fervoroso cristão era doente. Assim, decidiu aceitar o voto de castidade que Catarina fizera e ele mesmo resolveu adota-lo, vivendo tranqüilos como irmãos. Quando Edgard, ficou paralítico, Catarina passou a cuidar dele com todo carinho e generosidade. 

Santa Caterina di Svezia

Por ocasião da morte do pai de Catarina, sua mãe Brígida resolveu se voltar totalmente para a vida religiosa, iniciando-a com uma romaria aos túmulos dos apóstolos, em Roma. Pouco tempo depois Catarina conseguiu a autorização do marido para encontrar-se com a ela. Mas, quando estavam em Roma receberam a notícia da morte de Edgard. Então, ambas fizeram os votos e vestiram o hábito de religiosas e não se separaram mais. Catarina ajudou e acompanhou todo o trabalho de caridade e evangelização desenvolvido pela mãe. Fundaram juntas o duplo mosteiro de Vadstena, na Suécia, do qual Brígida foi abadessa, criando a Ordem de São Salvador, cujas religiosas são chamadas de brigidinas. 


Catarina, como sua assistente, seguiu-a em todas as viagens perigosas, em seu país e no exterior, sendo muita vezes salvas por um cervo selvagem que sempre aparecia para socorrer Catarina. Foi após uma peregrinação à Terra Santa, que Brígida veio a falecer, em Roma. Catarina acompanhou o corpo de volta para a Suécia e foi recebida com aclamação popular, junto com os restos mortais da mãe, que já era venerada por sua santidade. 


Os registros relatam mais fatos prodigiosos, ocorridos com a nova abadessa, pois Catarina foi eleita sucessora da mãe no convento. Eles contam que alguns pretendentes queriam que ela abandonasse os votos e o hábito depois a morte de Edgard. 

Um, mais audacioso, ao tentar atacá-la, teria ficado cego e só recuperado a visão depois de se ajoelhar aos seus pés e pedir perdão, quando abriu os olhos viu ao lado de Catarina um cervo selvagem. Por isso, nas suas representações sempre há um cervo junto dela. 


Entretanto, a rainha-mãe Brígida, depois de falecida passou a operar prodígios, segundo muitos devotos e peregrinos que afirmavam ter alcançado graças por sua intercessão. 

Por isso, a pedido do povo e das autoridades da corte, a abadessa Catarina foi a Roma requerer do Sumo Pontífice a canonização da mãe, em nome da população do seu país. 

Alí viveu por cinco anos, interna de um convento onde ficaram registrados sua extrema disciplina, o senso de caridade e a humildade com que tratava os doentes e necessitados.

Catarina, quando voltou para a Suécia, já era portadora de grave enfermidade, talvez pelas horas de duras penitências que praticava. Tinha cinqüenta anos de idade quando faleceu, no dia 24 de março de 1381. 

O papa Inocente VIII, confirmou o culto de Santa Catarina da Suécia, em 1484. Mas o seu culto já era muito vigoroso em toda a Europa, uma vez que segundo a população romana ela teria salvado a cidade da inundação do rio Tevere cuja cheia já havia derrubado os diques que o continham.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEFESA ÀS APARIÇÕES DE JACAREÍ

DEFESA ÀS APARIÇÕES DE JACAREÍ

(FEITA POR UM PEREGRINO, AO CONTEMPLAR UM VÍDEO FALANDO MAL DAS MESMAS CITADAS ACIMA, E SOBRE A CARTINHA DO BISPO DA ÉPOCA, ALEGANDO QUE AS APARIÇÕES NÃO ERAM VERDADEIRAS)

NÃO SEI QUEM FEZ MAS PRA MIM ESSA PESSOA MERECIA UMA MEDALHA DE HONRA DE NOSSA SENHORA POR ESTA BELA DEFESA

"Quando você diz que devemos dar ouvidos ao que os padres dizem a respeito das aparições de Jacareí, corre em um ledo engano, pois, a “opinião pessoal” deles é que não pode ser elevado ao nível de “dogma de fé”. As cartas de Dom Nelson são muito citadas pelos que latem que estas Sagradas Aparições são falsas. Portanto, mister se faz alguns esclarecimentos. Há duas cartas oficiais onde este indigitado bispo trata da matéria “aparições”. Uma primeira, publicada em 1996, enquanto o mesmo ainda era bispo de São José dos Campos (diocese a qual pertence Jacareí). Nesta, não há menção alguma ao nome do Profeta Marcos Tadeu Teixeira, muito menos, excomunhão, há somente algumas orientações pastorais. A segunda, publicada em 2007 e republicada em 2011, realmente traz explicitamente o nome do Profeta Marcos Tadeu Teixeira, porém, nesta, a palavra “excomunhão” é sequer mencionada.

Ainda há um probleminha com esta segunda carta. O dito bispo (certamente pela providência de Nossa Senhora) foi transferido para a diocese de Santo André/SP em 2003, e, observem, a segunda carta publicada por ele ocorreu no ano de 2007, quando já havia deixado de ter jurisdição eclesiástica sobre a cidade de Jacareí. Portanto, o mesmo, ao editar esta carta, violou a jurisdição eclesiástica conferida a ele pela Igreja, e, ainda, violentou gravemente a autoridade de Dom Moacir, então, bispo da Diocese de São José dos Campos, que, se quisesse, poderia ter criado o maior caso com isso, pois Dom Nelson desrespeitou frontalmente e atropelou sua autoridade eclesiástica, uma verdadeira afronta. Então eu lhes pergunto, vocês ainda vão dar credibilidade a um documento irregular e eivado de vícios como esse?

Vale lembrar, que não é obrigatório seguir estas cartas circulares dos bispos. Não há heresia nem cisma nisso. Um católico somente pode ser acusado de cismático ou herege se atentar contra os Dogmas de Fé. Que eu saiba, carta circular de bispo não é Dogma de Fé. Como a primeira carta de Dom Nelson não condena as Aparições de Jacareí, e a segunda está irregular, pode-se dizer que não pesa condenação oficial e regular da Igreja sobre estas Santas Aparições. Além do mais, até o presente momento, Dom José Valmor, que atualmente tem jurisdição eclesiástica sobre Jacareí, não fez pronunciamento oficial sobre as mesmas. Documento oficial onde o Profeta Marcos foi excomungado, também é inexistente, portanto, qualquer informação que diga o contrário é fruto de pura “fofoca”.

Ressalto que em Jacareí, realmente, não damos tanta importância aos documentos do Vaticano. O que nós realmente valorizamos é a doutrina que nos foi transmitida pelos santos, como Santo Afonso, São Luiz, Santa Teresa, São João da Cruz, etc... Outro adendo que gostaria de acrescentar, diz respeito ao fato da obrigatoriedade ou não das Sagradas Mensagens Celestiais. A orientação predominante entre os teólogos católicos, de que não é obrigatório seguir as Aparições de Nossa Senhora, se funda em meras opiniões pessoais de alguns clérigos a respeito do assunto. Esta orientação não tem o caráter da infalibilidade papal e muito menos é um Dogma de Fé. Realmente, o catecismo atual traz algo nesse sentido, mas vale lembrar que o mesmo não recebeu o caráter da infalibilidade pelo Concílio Vaticano II. Bem ao contrário do Santo Catecismo do Concílio de Trento. Este sim, recebeu o caráter de infalível. Ocorre que nossa amada Igreja há muito se transviou de uma tradição bíblica milenar, através da qual o “Deus dos Exércitos” sempre manifestou sua vontade ao povo de Israel por meio de suas aparições aos profetas (mesmo fenômeno que ocorre com o, também, profeta Marcos Tadeu, pois os fenômenos miraculosos e de aparições que ocorrem naquele Santuário, são da mesma espécie dos verificados na Sagrada Bíblia).

Ora, nos tempos bíblicos não era através dos fariseus, saduceus, príncipes e doutores da lei (a Igreja oficial da época) que Deus dava as suas diretrizes ao povo eleito, mas sim, através dos profetas, em outras palavras, dos videntes. Nos primórdios do cristianismo, também ocorria assim, pois, a própria origem da nossa amada Igreja se funda nas “aparições” de Jesus aos apóstolos e discípulos. Então, por que esta tradição bíblica foi quebra? Será que é porque as aparições aos profetas cessaram? Errado, pois nos últimos 100 anos ocorreram mais de 1000 aparições de Nossa Senhora, dos santos e anjos, e até de Deus.
A pergunta correta é, por que o clero tenta abafar isso, pois grande parte, senão todas, destas aparições também foram acompanhadas de sinais miraculosos, como, curas inexplicáveis pela ciência, sinais na natureza, etc... Se Deus usava deste expediente nos tempos bíblicos, certamente deveria continuar a usá-lo nos tempos do catolicismo, pois uma grande verdade que a Teologia professa é que Deus é imutável. Não citarei as passagens bíblicas onde Deus manifesta sua vontade através dos videntes/profetas, pois se assim fizesse, teria que citar a Bíblia inteira, pois a própria formação e ensinamentos nela transmitidos se dão por este meio. Gostaria apenas de citar um pequeno exemplo de qual atitude deveremos tomar frente às Aparições de Jacareí, tomando por base a Bíblia. Saulo, quando se dirigia à cidade de Damasco e Jesus lhe “aparece” exclama: “Senhor, que queres que eu faça?” (At 9, 6). Naquela ocasião, Jesus disse a ele para procurar os fariseus e saduceus (a Igreja oficial da época)? Não! O ordenou que entrasse na cidade de Damasco e ali lhe seria dito o que deveria fazer. Beleza. E quem Deus enviou para Saulo? Os fariseus e saduceus (a Igreja oficial da época)? Não! Mas Ananias, um vidente. Como eu sei que Ananias era um vidente? As Sagradas Escrituras nos contam que foi uma aparição de Jesus que disse para ele ir procurar Saulo. É só conferir At 9, 10-16ss.

Outro exemplo foi Judas Iscariotes; este preferiu errar com a Igreja oficial da época (lembra né, fariseus e saduceus) que acertar sem ela. Bom... Errou mesmo! E segundo alguns santos místicos, como Maria de Ágreda, sua alma se encontra no inferno. Assim, a posição teológica defendida pela maioria dos teólogos atuais, de que as aparições não são obrigatórias, falando em termos de estudo teológico da atualidade, é perfeitamente passível de questionamento, e, inclusive, daria uma boa tese de doutoramento. É um posicionamento que pode ser mudado. Não é Dogma de Fé. Gostaria de finalizar este ponto dizendo o seguinte. Jesus tolerou para sempre aquela Igreja oficial da época (o judaísmo) que rejeitou o projeto que suas aparições aos Apóstolos (que também eram videntes) propunha? Claro que não!!! Por causa disso, Deus se retirou do meio daquela Igreja e passou a habitar no meio dos seus videntes, os apóstolos e discípulos, e, assim, surgiu a nossa amada Igreja Católica (Mt 21, 39-45).

Não é objetivo do Profeta Marcos Tadeu, nem de sua Ordem e muito menos de nós, a Milícia da Paz (formada por todos os fiéis seguidores daquele Santuário) provocar um cisma na Igreja. Nós apenas denunciamos os erros (prerrogativa esta, conferida aos leigos pelo próprio Concílio Vaticano II), lutamos para que a devoção a Nossa Senhora, aos santos e anjos seja colocada em seu devido lugar, e que as suas mensagens, e as dos demais santos, e até as de Deus, seja acolhida como nos tempos Bíblicos, pois acreditamos que se isto não for feito, irá se abater gigantescos cataclismos sobre a Terra, de uma tal magnitude que nunca houve, nem jamais haverá. Acreditamos que esta “palavra de Deus” transmitida nas aparições é o caminho e a única forma de salvar o mundo, e qualquer obra, ou pessoa, que ensine ou faça diferente do que elas dizem, é desprezada por nós. O motivo para isto é muito simples. Desde tempos remotos, as Aparições de Nossa Senhora (inclusive as não aprovadas pela Igreja) vêm dizendo o que aconteceria ao mundo se esta “palavra de Deus” não fosse obedecida. Resultado, tudo o que elas disseram, em um passado remoto, está se cumprindo na atualidade. Então, não há outra conclusão a se fazer, a não ser admitir que elas eram verdadeiras, e que o clero errou. Aliás, o histórico de erro do clero é algo realmente interessante. Basta citar a condenação que pesou durante 20 anos sobre as Santas Aparições de Jesus Misericordioso à Santa Faustina, e não foi por um “bispozinho” qualquer. Foi pelo próprio papa da época. Se não fosse a atuação do então Cardeal Karol Józef Wojtyła, futuro Papa João Paulo II, estas aparições estariam condenadas até os tempos atuais, e, certamente, você seria um grande opositor delas, não é? Infelizmente, como atualmente o número de Cardeais, e clérigos em geral, com este nível de espiritualidade é praticamente nulo... tadinha das aparições... snif. Praticamente nenhum deles entende de Teologia Mística, o estudo apropriado para se avaliar as aparições e estudá-las.

Além do mais, as aparições de La Salette, Lourdes e Fátima, para quem conhece mais a fundo sua história, verá que elas na verdade não foram aceitas pelo clero. Muito pelo contrário, este as combateu com todas as suas forças. Na realidade, o que ocorreu, é que os fiéis praticamente as fizeram descer goela abaixo na garganta do clero, de tal modo, que eles não tiveram outra opção a não ser aprová-las. E, mesmo nestas que foram aprovadas, o estrago que o clero fez é algo incomensurável. Não as divulgou como deveria; se o corpo incorrupto de Santa Bernadete estivesse no Santuário de Lourdes iria converter milhões de fiéis, no entanto está praticamente escondido no convento de Nevers; o corpo incorrupto de Santa Jacinta foi escondido dos fiéis; a esmagadora maioria dos vaticanistas da Itália é de acordo que, até hoje, o terceiro segredo de Fátima não foi revelado em sua integralidade; a consagração da Rússia não foi feita como Nossa Senhora pediu até os dias atuais, etc... E isso, só para citar os danos que me vem à mente neste momento.

No Santuário das Aparições de Jacareí, o Profeta Marcos está resgatando tudo aquilo que a Igreja e a sociedade tanto se esforçaram para extinguir, os escapulários, medalhas, mensagens, enfim, a salvação do mundo que Nossa Senhora nos revelou e ofereceu com tanto amor ao longo de suas aparições na história. Sem dúvida, lá está se cumprido a passagem da Escritura na qual se diz: “Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas...” Mt 13,52 É uma nova aparição que resgata todas, até as mais antigas. Portanto, se ainda quiserem seguir a doutrina da cabeça deste cara de que não precisamos de aparições, o problema é de vocês. Aliás, se formos pensar bem, porquê Deus, Nossa Senhora os anjos e os santos apareceriam, né? Afinal de contas, nosso mundo está uma verdadeira maravilha, não é? Não temos problemas de droga, prostituição, corrupção, degradação moral, depressão, decadência da Igreja, violência, roubos, assassinatos, guerras, miséria..., todos os sacerdotes são verdadeiros Serafins de santidade, enfim, o Vaticano está dando conta do recado... Só não está apresentando um desempenho melhor devido a um “pequeno” probleminha de tráfico de influência entre os altos clérigos, desvio de verbas do banco do Vaticano, looby gay entre os padres, pedofilia generalizada, um papa progressista e comunista..., mas, afinal de contas, são probleminhas fáceis de serem solucionados, né? É... Em um mundo maravilhoso e em ótimo funcionamento como esse, realmente não entendo o motivo de tantas aparições..."