Pesquisar no Blog

28 de fev de 2016

Jacareí, 28 de Fevereiro de 2016 - Mensagem de Maria Santíssima

(Maria Santíssima): “Meus queridos filhos, hoje, novamente Eu convido vocês à oração feita com amor. Vocês estão longe da oração feita com amor e muito mais longe ainda da santidade.


Vocês devem neste tempo santo de penitência e de conversão abrir os corações de vocês cada vez mais a Deus pela oração com o coração, buscando rezar sempre mais e melhor com amor, concentração, profundidade, amor e sede de Deus.


Se vocês rezarem assim, a oração de vocês será viva e levará vocês verdadeiramente a mudarem interiormente, a se tornarem pessoas melhores, a vencerem a preguiça, a vencerem a timidez espiritual, a vencerem o apego às opiniões, à vontade e aos julgamentos de vocês. Também terão a força interior para renunciar ao autogoverno de vocês mesmos, à rebeldia que é tão característica da vossa geração, e verdadeiramente, vocês conseguirão dar a Deus o ‘sim’ verdadeiro, o ‘sim’ definitivo, o ‘sim’ total, a entrega total de vocês a Ele, para cumprir a vontade Dele e a Minha sempre em todo lugar aonde vocês estiverem.


Compreendam filhinhos, que sem rezar perfeitamente com o coração e com amor, vocês nunca poderão compreender o que falta a vocês para que sejam santos. Nunca conseguirão enxergar seus próprios defeitos, sua preguiça, sua timidez espiritual, o apego às vontades, às opiniões e ao modo de julgar de vocês. E vocês nunca serão verdadeiramente livres, livres para fazer a vontade de Deus com perfeição como Ele quer.


Procurem fazer o lema do Meu Geraldo Majella, o lema de vocês: ‘Aqui se faz a vontade de Deus como Ele quer, quando quer e como quer’. E como é que o Meu Geraldo Majella fazia essa vontade? Sempre renunciando a vontade dele, as suas opiniões, aos seus julgamentos. Nem mesmo nas orações e exercícios espirituais ele fazia o que queria, na hora que queria ou como queria. Fazia sempre o que o superior ou a regra mandava, assim, fazia sempre a vontade de Deus e nunca a dele.


Por isso, ele se tornou Santo em tão pouco tempo, porque aprendeu a rezar bem com o coração, a meditar com profundidade. E então, compreendeu que só poderia ser um verdadeiro santo e só pode ser um verdadeiro santo, aquele que renuncia a sua vontade, a sua opinião, ao seu querer em todo o momento, até nas coisas espirituais, para fazer a vontade de Deus que é expressa pela Sua Palavra, pela Sua Lei de Amor, pelos superiores que fazem às vezes Dele junto de vós, de vocês e também pelas moções de Sua Graça.


E aqui esta vontade de Deus é manifestada a vocês diretamente do Altíssimo por meio de Mim, que Sou a Superiora de vocês e a Mestra de vocês. Aqui, Eu lhes digo como e quando devem rezar, o que devem meditar, como devem prosseguir, como devem caminhar.


Se forem dóceis à Minha Voz vocês crescerão rapidamente na santidade, como o Meu Geraldo cresceu. Quando ele estava doente compreendeu que o que Deus queria dele, a vontade de Deus para ele, era que ele O servisse não mais com as orações públicas, com os aconselhamentos e com as esmolas, mas, no leito de dor oferecendo o seu sofrimento a Deus pela salvação dos pecadores. E assim, em paz ele sofreu cada dia de sua vida até ao dia em que Eu o vim levar Comigo para o Céu. Assim, os santos se santificavam facilmente fazendo a vontade de Deus como Ele queria, na hora que Ele queria. E quando Ele lhes mandava também o sofrimento reconheciam nele a vontade de Deus para aquele momento.


Que vocês também sejam assim filhinhos e que vocês se preparem convertendo-se cada dia mais e buscando cada dia mais a santidade e a perfeição, pois os três dias de trevas estão muito próximos. E naqueles dias muitos gritarão Senhor, Senhor, salva-nos! Mas, já será tarde demais, porque o tempo dado por Deus para a conversão do mundo e para que o mundo voltasse a Ele pelo caminho da oração, da mudança de vida, da conversão, das virtudes já estará acabado.


Então, os demônios agarrarão as suas presas em feroz caçada e levarão as suas almas diretamente para o inferno, onde sofrerão por toda a eternidade.


Não sejam vocês do número desses infelizes, Meus filhos! Não descuidem da oração e do sacrifício, porque se vocês o fizerem imediatamente o inimigo se apoderará das almas de vocês e imprimirá nas almas de vocês a sua marca, o seiscentos e sessenta e seis, o 666. E então Meus filhos, ele se apossará dos espíritos de vocês e levará vocês um dia com ele para as chamas eternas, onde torturará vocês por toda a eternidade.


Não descuidem da oração e da penitência, pois quem o fizer morrerá eternamente.


A todos Eu abençoo com amor de Lourdes, de Fátima e de Jacareí.”

21 de fev de 2016

Jacareí, 21 de Fevereiro de 2016 - Mensagem de Maria Santíssima

(Maria Santíssima): “Queridos filhos, hoje, novamente chamo vocês todos a imitarem a santidade dos Meus Pastorinhos de Fátima, Lúcia, Francisco e Jacinta, que tanto Me amaram e tanto verdadeiramente deram ao mundo um exemplo de amor verdadeiro a Deus e a Mim.


Imitai Lúcia, Francisco e Jacinta no amor ardente e abrasador que eles tinham por Deus e por Mim, fazendo das vossas vidas verdadeiramente um ato contínuo de súplica a Deus pela conversão dos pecadores e também de expiação pelos pecados com que Deus é ofendido. Como eles, vivam para consolar a Deus com as orações, com as boas obras, com a obediência às Minhas Mensagens todos os dias, vivendo como verdadeiras rosas Místicas brancas de oração e vermelhas de sacrifício, dando a Deus o perfeito e o verdadeiro amor das almas de vocês para alegrar o Senhor que está tão contristado por tantos pecados que o mundo tem cometido.


Imitem os Pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta, vivendo uma vida de verdadeira e intensa oração como eles viveram. Vivendo continuamente na presença de Deus, ou seja, com a consciência de que Ele está o tempo todo perto de vocês, vendo a cada um de vocês, escutando tudo o que vocês fazem e tudo o que dizem.


Então, vocês viverão uma vida de perfeita união com Deus, dando a Ele durante o dia todo muitos atos contínuos de amor, de esperança, de fé, fazendo tudo na presença Dele, com Ele e para Ele. E assim, desta forma, verdadeiramente todas as obras e atos de vocês se transformarão em oração viva e incessante que sobe ao Céu ininterruptamente todos os dias e o dia inteiro. Dando a Deus assim, o calor dos corações de vocês, aquecido sempre pela oração viva e feitas sempre com o coração.


Imitem os Pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta, na penitência que eles faziam pela conversão dos pecadores, sobretudo, aceitando os sofrimentos, cruzes e trabalhos que Deus permite e oferecendo tudo a Ele em ato de expiação pelos pecados da humanidade.


Se vocês fizerem isto,verdadeiramente todos os dias da alma de vocês subira a Deus uma grande força mística de reparação e expiação. E então, Deus verdadeiramente será desagravado por tantos milhões de pecados que se cometem todos os dias na face da Terra. E Ele se alegrará ao ver que verdadeiramente vocês são os Seus filhos amorosos que O consolam, que O desagravam e que verdadeiramente se compadecem do grande sofrimento que dão a Ele, os Seus filhos ingratos.


Imitem o verdadeiro amor que tiveram os Meus Pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta rezando cada dia mais, vivendo cada dia mais na graça de Deus, no amor, na oração. E também imitem-os no verdadeiro e intenso amor que eles tiveram por Mim, desagravando o Meu Coração Imaculado que é tão ofendido, e tão transpassado por espinhos e espadas de dor todos os dias, que os Meus filhos ingratos cravam no meu coração com blasfêmias, com ofensas, com a desobediência às Minhas Mensagens, com a negação e a perseguição ás Minhas Aparições e às Minhas Mensagens.


Para que assim, verdadeiramente, o Meu Coração Imaculado encontre em todos vocês aquele amor puro e verdadeiro, que encontrou nos corações dos Meus Três Pastorinhos de Fátima e também em vocês possa realizar as grandes maravilhas de santidade que realizei neles para a maior glória de Deus e o Triunfo do Meu Imaculado Coração.


Sejam fontes puras do Meu Imaculado Coração para purificar este mundo com a oração, com o sacrifício e com a santidade da vida de vocês todos.


Hoje, quando vocês celebram aqui o Aniversário do dia em que Eu abençoei a Minha Fonte Milagrosa de Graças para todos os Meus filhos, Eu desejo que vocês também se transformem em fontes vivas, que deem a todo o mundo, a todos os Meus filhos a água da santidade, da oração, do amor puro a Deus, da obediência a Deus, do amor verdadeiro a Mim. Para transformar essa terra seca que é o mundo, esse deserto de novo num jardim, numa vinha verdejante que dá ao Senhor muitas rosas de santidade, de amor e de perfeição, muitos frutos de verdadeiro amor e de santidade para maior glória Dele.


Comecem por vocês mesmos a se transformar em tudo isso por meio da renúncia à vossa vontade, aos prazeres mundanos, ao pecado e à vida verdadeira e perfeita de mais oração, mais meditação, mais amor ao Senhor e a Mim e mais doação de vocês mesmos ao Meu Plano de salvação da humanidade, fazendo os grupos de oração e cenáculos que Eu pedi por toda a parte, para que os Meus filhos verdadeiramente se preparem para os grandes castigos que estão se aproximando do mundo, que irão purificar a Terra de tantos pecados e crimes. E verdadeiramente irão limpar toda a humanidade de tanto pecado e de tanto ódio a Deus, à verdade, à Fé católica e a Mim.


Preparem-se! Os Três dias trevas estão muito próximos, convertam-se sem demora. Preparem-se para o Triunfo do Meu Imaculado Coração e para a volta do Meu Filho Jesus na Glória que está próxima.


A todos abençoo com amor de Fátima, de Erechim e de Jacareí.”